Crise Internacional

Rússia ameaça atacar envios de armas ocidentais para a Ucrânia

Conflito no leste europeu entra no 15º dia

Rússia alertou os Estados Unidos neste sábado (12) que suas tropas podem atacar os envios de armas ocidentais para a UcrâniaRússia alertou os Estados Unidos neste sábado (12) que suas tropas podem atacar os envios de armas ocidentais para a Ucrânia - Foto: Aris Messinis / AFP

A Rússia alertou os Estados Unidos neste sábado (12) que suas tropas podem atacar os envios de armas ocidentais para a Ucrânia, onde o exército russo está avançando há quinze dias. 

"Nós alertamos os Estados Unidos que a entrega de armas que eles estão orquestrando de uma série de países não é apenas um ato perigoso, mas também transforma esses comboios em alvos legítimos", alertou o vice-primeiro-ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov, em entrevista ao canal de televisão Pervy Kanal. 

Ryabkov citou particularmente sistemas de defesa aérea portáteis e sistemas de mísseis antitanque.

Riabkov também disse que as "garantias de segurança" que a Rússia exigiu do Ocidente, incluindo que a Ucrânia nunca se juntaria à Otan, não são mais válidas. 

"A situação mudou completamente. A questão agora é alcançar a implementação dos objetivos de nossos líderes", disse ele, referindo-se à "desmilitarização" da Ucrânia exigida pelo Kremlin. 

"Se os americanos estiverem dispostos, podemos, é claro, retomar o diálogo", acrescentou, observando que Moscou estava disposta, especialmente na questão dos acordos para limitar os arsenais nucleares.

"Tudo depende de Washington", enfatizou.

Veja também

Os possíveis candidatos para substituir Boris Johnson
Reino Unido

Os possíveis candidatos para substituir Boris Johnson

Boris Johnson, três anos turbulentos no poder
Reino Unido

Boris Johnson, três anos turbulentos no poder