Guerra na Ucrânia

Rússia anuncia rendição de 265 combatentes ucranianos de Azovstal

A nota indica que as pessoas que precisam de atendimento serão levadas para um hospital de Novoazovsk

Soldados ucranianosSoldados ucranianos - Foto: HANDOUT / RUSSIAN DEFENCE MINISTRY / AFP

O ministério da Defesa da Rússia anunciou nesta terça-feira (17) que 265 soldados ucranianos, incluindo vários feridos, se renderam na siderúrgica cercada de Azovstal, na cidade portuária de Mariupol. 

"Nas últimas 24 horas, 265 combatentes entregaram as armas e se renderam, incluindo 51 que estavam gravemente feridos", afirmou o ministério em um comunicado.

A nota indica que as pessoas que precisam de atendimento serão levadas para um hospital de Novoazovsk. 

Na segunda-feira (16), o ministério da Defesa ucraniano anunciou que 264 combatentes do país foram levados para um território controlado pela Rússia, incluindo 53 "gravemente feridos".

O vice-ministro da Defesa ucraniano, Ganna Malyar, disse que os combatentes passariam por um "procedimento de troca".

As autoridades ucranianas afirmaram na semana passada que mais de mil soldados ucranianos, 600 deles feridos, permaneciam ni complexo industrial, que tem quilômetros de galerias subterrâneas.

Eles permaneceram entrincheirados depois de suportar mais de um mês de cerco em Mariupol, intensamente bombardeada pelo exército russo desde o início da invasão à Ucrânia, em 24 de fevereiro.

Veja também

Cerca de 100 vítimas do Estado Islâmico são encontradas em vala comum no Iraque
CONFLITO

Cerca de 100 vítimas do Estado Islâmico são encontradas em vala comum no Iraque

Festa do Carmo 2024: fiéis comparecem ao último dia do novenário, que antecede festa da padroeira
RELIGIOSIDADE

Festa do Carmo 2024: fiéis comparecem ao último dia do novenário, que antecede festa da padroeira

Newsletter