Guerra na Ucrânia

Rússia divulga vídeo que mostra supostos resgatados de navio afundado

Vídeo mostra dezenas de homens vestidos com uniformes da marinha russa aparecem alinhados diante do chefe da força

A Rússia apresentou vídeo que mostra o encontro entre o chefe da marinha e tripulantes resgatados do cruzador MoskvaA Rússia apresentou vídeo que mostra o encontro entre o chefe da marinha e tripulantes resgatados do cruzador Moskva - Foto: AFP

O Ministério da Defesa da Rússia apresentou neste sábado (16) um vídeo que, segundo a pasta, mostra o encontro entre o chefe da marinha e tripulantes resgatados do cruzador Moskva, que naufragou no Mar Negro.

Nas imagens, de cerca de 30 segundos, dezenas de homens vestidos com uniformes da marinha russa aparecem alinhados diante do chefe da força, Nikolai Yevmenov.

"O comandante em chefe da Marinha, o almirante Nikolai Yevmenov, e o comandante da frota no Mar Negro se reuniram com a tripulação do cruzador Moskva em Sevastopol", na Crimeia, declarou o ministério em um breve comunicado.

O almirante "informou à tripulação do cruzador que os oficiais, aspirantes e marinheiros continuarão servindo à Marinha", acrescentou a instituição.

Estas são as primeiras imagens divulgadas de supostos tripulantes do Moskva desde que a embarcação naufragou nessa quinta-feira (14).

A Rússia afirma que o Moskva, que era o principal navio da frota russa no Mar Negro, afundou após um incêndio provocado pela explosão de munição armazenada em seu interior. A Ucrânia, por outro lado, afirma que a embarcação afundou após ser atingida por mísseis disparados por suas forças de defesa.

A divulgação do vídeo deste sábado acontece depois dos questionamentos de muitos especialistas e usuários das redes sociais sobre o que teria acontecido com os tripulantes do Moskva.

A Rússia declarou que a tripulação foi retirada do barco antes que este afundasse, sem que o incidente tivesse provocado vítimas.

Veja também

Caruaru: três homicídios são registrados na cidade em menos de 12 horas
VIOLÊNCIA

Caruaru: três homicídios são registrados na cidade em menos de 12 horas

Oito ativistas ambientais são presos por interromper o tráfego no aeroporto de Frankfurt
TRÁFICO

Oito ativistas ambientais são presos por interromper o tráfego no aeroporto de Frankfurt

Newsletter