Saiba como agir quando a criança engasga

Morte de menino que engoliu pirulito no último sábado acendeu alerta sobre os cuidados com esse tipo de acidente e os primeiros socorros

Criança Criança  - Foto: Pixabay

Balas, pirulitos, chicletes, pedaços de carne e outros pequenos objetos são apontados por um estudo da Universidade de Ohio, nos EUA, como as principais causas de engasgo em crianças no mundo. Na Região Metropolitana do Recife (RMR), o caso mais recente foi fatal: no sábado (31), o menino Vagner Mateus, de cinco anos, engoliu um pirulito sem palito. Nem a família nem os médicos conseguiram retirar o objeto. Segundo a Organização Não Governamental Criança Segura, o engasgo com alimentos representa 23% dos acidentes fatais com crianças no País.

O engasgo é o bloqueio da traqueia, via de entrada e saída do ar dos pulmões. Pode deixar a pessoa parcial ou totalmente inconsciente ou matar por asfixia. O capitão do Corpo de Bombeiros de Pernambuco, Kleber Dutra, diz que a orientação nesse tipo de acidente segue a dos primeiros socorros tradicionais: o socorrista deve abraçá-la por trás e, com a mão fechada, fazer uma compressão com movimento em “J”, três dedos acima do umbigo. “Esse movimento faz o músculo do diafragma expulsar o objeto”, explica.

Leia também:
Menino é vítima de afogamento em Boa Viagem
Criança morre após se afogar em bueiro, em Toritama


O procedimento deve ser feito imediatamente e, logo que o objeto for expelido, a vítima deve ser levada ao hospital. “Quanto à prevenção, é importante evitar que a criança tenha acesso a pirulitos, balas, chicletes e pequenos objetos sem supervisão de adultos”, disse.

A Secretaria de Saúde do Estado não tem estatísticas sobre o número de atendimentos por sufocamento na rede pública, mas compilou dados de engasgo por leite/alimentos regurgitados, atualizados em julho de 2017. Os registros mostram 24 casos de óbitos infantis por essas circunstâncias desde 2011 em bebês de zero a 364 dias de vida.

Veja também

Embaixada da China defende CoronaVac e diz que vacinas do país estão entre as mais avançadas
Coronavírus

Embaixada da China defende CoronaVac e diz que vacinas do país estão entre as mais avançadas

Detento morre após invadir área de segurança na Barreto Campelo
Penitenciária

Detento morre após invadir área de segurança na Barreto Campelo