Saiba como doar bicicletas inutilizadas para projeto de compartilhamento gratuito no Recife

Ideia faz parte do projeto Bota pra Rodar, organizado pela Associação Metropolitana de Ciclistas do Recife (Ameciclo)

Bicicletas do projeto Bota pra RodarBicicletas do projeto Bota pra Rodar - Foto: Divulgação/Ameciclo

Bicicletas inutilizadas serão restauradas em oficinas gratuitas para serem colocadas em um sistema de compartilhamento gratuito em Santa Luzia, no bairro da Torre, na Zona Oeste do Recife. A ideia faz parte do projeto Bota pra Rodar, organizado pela Associação Metropolitana de Ciclistas do Recife (Ameciclo).

As doações poderão ser feitas até 10 de abril em contato direto com a associação pelo WhatsApp, no (81) 9.9458-6830, e pela internet, em um formulário disponibilizado no site da associação.

Leia também:
No Dia do Ciclista, campanha alerta sobre uso seguro da bicicleta
Patinetes e bicicletas da Yellow deixam de operar no Recife


Com o Bota pra Rodar, bicicletas que não seriam mais usadas passam a fazer, em média, cinco viagens por dia. Dessa forma, as magrelas têm ganho de vida útil. Moradores de comunidades periféricas do Recife interessados em mecânica de bicicleta participam do projeto com as reformas dos modais. As oficinas duram três meses e têm como objetivo trabalhar a autonomia dos alunos em fazer a manutenção nas bicicletas que serão disponibilizadas para toda a comunidade.

O projeto é desenvolvido desde 2013, quando iniciou suas ações na comunidade de Caranguejo Tabaiares, na Ilha do Retiro, também na Zona Oeste do Recife, com base em quatro passos: recolhimento das bicicletas, integração comunitária, oficinas de capacitação e sistema compartilhado de uso das bicicletas.

Veja também

Novo apagão atinge cidades do Amapá
BLECAUTE

Novo apagão atinge cidades do Amapá

Brasil aplica mais de 1,7 milhão de vacinas contra Covid em 24h
MARCA

Brasil aplica mais de 1,7 milhão de vacinas contra Covid em 24h