Sanitização pioneira no NE promove dez mil visitas de desinfecção

Ação envolve batalhão de 160 profissionais, que utilizam 10 mil litros de solução para desinfectar mais de 600 locais diariamente

Agentes de saúde atuam na sanitização utilizando equipamentos de proteção individual Agentes de saúde atuam na sanitização utilizando equipamentos de proteção individual  - Foto: Ikamahã/Sesau PCR

Diariamente, um batalhão formado por mais de 160 profissionais vem se empenhado em promover a sanitização de 654 locais de grande fluxo de pessoas como forma de ampliar o combate à disseminação do novo coronavírus. Para marcar os 10 mil procedimentos de sanitização já feitos na cidade, amanhã (18) a ação acontecerá às 9h30 no Abrigo Noturno Irmã Dulce, na Travessa do Gusmão e no Restaurante Popular Josué de Castro, que fica na rua do Peixoto, 440, ambos em São José.

No total, são empregados cerca de 10 mil litros da solução desinfetante com ação viricida de alto nível, cujo efeito tem início em até cinco minutos e o efeito residual atua por 24 horas. Entre os locais já beneficiados com as ações de sanitização, estão Terminais Integrados, paradas de ônibus, Unidades de Acolhimento de Assistência Social, todas as policlínicas e unidades de saúde do município entre outros do total de dez visitas realizadas desde o começo da ação, iniciada em março.

O cronograma das atividades é dividido em três turnos, de segunda a sexta-feira, e nos fins de semana, em regime de plantão. O processo de sanitização, pioneiro no Nordeste, é reconhecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no enfrentamento ao novo coronavírus. A estratégia implementada pela Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife é um complemento à higienização dos locais e não substitui a limpeza regular que já é feita rotineiramente. A medida faz parte do Plano Municipal de Contingência Covid-19 e teve início no fim do mês de março.

Leia também:
Governadores do NE querem reforço de médicos brasileiros sem diploma validado
Coronavírus já matou mais de 150 mil pessoas no mundo em cerca de três meses

Entre os mais de 160 profissionais envolvidos na ação estão Agentes de Saúde Ambiental e Controle de Endemias (Asaces), que utilizam os devidos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). A técnica também foi adotada por países como Espanha e China (na cidade de Wuhan), que também vêm enfrentando a pandemia da Covid-19, e por outras cidades brasileiras, e é uma forma é de interferir na cadeia de transmissão do novo coronavírus e tentar minimizar os riscos da nossa população contrair o novo coronavírus. Mesmo com a comprovada eficiência do produto, é importante que as pessoas estejam atentas e não descuidem das orientações de higiene pessoal e recomendações de isolamento social.


REDE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - Além do abrigo noturno e dos restaurantes populares da PCR, também serão sanitizados neste sábado (18) os demais serviços que fazem parte da rede de assistência social do município, como os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), os Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua (Centro POP) e outras 11 casas de acolhimento institucional gerenciadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Recife. No total, esses equipamentos beneficiam uma média de 500 pessoas diariamente.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

 

Veja também

Imagem da rainha Elizabeth isolada em funeral do marido gera comoção nas redes sociais
Família Real

Imagem da rainha Elizabeth isolada em funeral do marido gera comoção nas redes sociais

Mariana: pesquisadores encontram metais tóxicos em peixes do Rio Doce
Mariana

Mariana: pesquisadores encontram metais tóxicos em peixes do Rio Doce