recife

São João digital para fomentar cultura

Silvério Pessoa e Josildo Sá são os homenageados da edição 2020Silvério Pessoa e Josildo Sá são os homenageados da edição 2020 - Foto: divulgação/PCR

Setor produtivo dos mais representativos da Capital pernambucana, a cultura foi um dos caminhos que a Prefeitura da Cidade do Recife (PCR) encontrou para atravessar a maior crise de saúde pública da história recente da humanidade. Para assegurar renda aos profissionais do setor durante o ciclo junino, a PCR garantiu a realização do São João 2020, com apresentações volantes e virtuais, para convidar os recifenses a festejar suas tradições, apesar do isolamento social. Este ano, a homenagem será feita aos artistas Silvério Pessoa e Josildo Sá. 

Nos dias 23, 24, 26, 27, 28 e 29, das 18h às 22h, duas Forroviocas circularão por diversos bairros da cidade, levando um total de 48 atrações para garantir o rala bucho dos recifenses, nem que seja no parapeito da janela. A festa também será virtual, com apresentações gravadas de casa pelos artistas, além de shows transmitidos ao vivo do Sítio Trindade, endereço cativo dos festejos de São João na cidade, nos próximos dias 23 e 29 de junho. Para ninguém se perder pelo passeio na roça, o endereço do principal palco da festa será o site https://www.saojoaodorecife.com.br/. 

O ciclo será todo viabilizado com recursos da iniciativa privada, através de contrato com a empresa patrocinadora realizado por meio de chamamento público, e vincula o repasse à realização do evento. Os artistas aprovaram a decisão. “Mesmo com toda dificuldade financeira, mesmo com a necessidade do isolamento, achei maravilhoso que a Prefeitura não abriu mão e buscou alternativas para realizar o São João, que é uma festa tão importante no Nordeste”, celebrou Nena Queiroga. 

Presença infalível nos festejos juninos, Geraldinho Lins também celebrou o balancê online. “Acho importante que a Prefeitura do Recife faça o São João. A gente percebe que há uma preocupação com a cultura. Mesmo nesse momento, precisamos manter a tradição. São João é aconchego, afetividade e religiosidade. Como artista, me sinto feliz em ser convocado a ajudar a levar algum conforto para as pessoas”, pontua.

Para Josildo Sá, homenageado deste ciclo junino virtual e virtuoso, o São João do Recife será chuva para muitas hortas. “Organizado em parceria com a iniciativa privada, o São João 2020, além de levar alegria e forró ao povo recifense, irá ajudar muito a cadeia produtiva da música nordestina, beneficiando centenas de forrozeiros, músicos, produtores, trios de forró, demais trabalhadores da cultura e comerciantes que trabalham todos os anos nos polos juninos. É, sem dúvida, uma iniciativa louvável, que deveria ser multiplicada em outras cidades.”