Sargento que teria estuprado e ameaçado enteada de 10 anos é preso em Paulista

Policial, de 51 anos, teria ameaçado atirar na menina, caso ela contasse sobre os abusos

AlgemasAlgemas - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Um sargento da Polícia Militar de Pernambuco que é lotado no Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) foi preso após ter estuprado e ameaçado a enteada, uma menina de 10 anos. O crime, segundo o delegado Carlos Guimarães, aconteceu neste domingo (23), em Paulista, na Região Metropolitana do Recife.

De acordo com o delegado, o sargento, de 51 anos, praticava o abuso sexual desde o ano passado. "Ele fazia a penetração desde o ano passado, mas antes ele já acariciava a menina", comentou Guimarães. O sargento teria, inclusive, ameaçado atirar na menina, caso ela contasse sobre os estupros.

A avó da garota, na companhia do pai da criança, procurou a Delegacia de Paulista neste domingo. Em seguida, os policiais efetuaram a prisão do sargento. A menina passou por exame no Instituto Médico Legal (IML) e o laudo deve ficar pronto em até 30 dias.

O sargento foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e ameaça, de acordo com o delegado. Ele será encaminhado para audiência de custódia e o juiz deve decidir se o homem será solto ou se será encaminhado para o Centro de Reeducação da Polícia Militar de Pernambuco (Creed).

Veja também

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)
Coronavírus

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)

Milhares protestam contra prisão de opositor de Putin na Rússia
Protestos

Milhares protestam contra prisão de opositor de Putin na Rússia