Secretário diz que confusão no Bairro do Recife é causada por pessoas de cidades vizinhas

Para secretário municipal de segurança, Bairro do Recife é seguro

Orson Lemos é assessor da corregedoria do TRE-PEOrson Lemos é assessor da corregedoria do TRE-PE - Foto: Julya Caminha/Folhape

Em entrevista nesta segunda-feira (14) à Rádio Folha (FM 96,7 MHz), o secretário municipal de Segurança Urbana, Murilo Cavalcanti, declarou que o Bairro do Recife não tem problemas de segurança. Ainda segundo ele, no último domingo (13), o que aconteceu são disputas de grupos que causam grandes tumultos.

“O Recife Antigo é o lugar mais seguro do Recife todos os dias da semana. No domingo o que está acontecendo é que pessoas de Paulista, Jaboatão, Camaragibe e até de Ipojuca fazem uma convocação nas redes sociais e vão se enfrentar à noite. Alguns bandidos se aproveitam da situação para roubar carteira, bolsas e cometer assaltos”, disse.

O secretário garantiu que providências estão sendo tomadas para combater esse tipo de comportamento e que o setor de inteligência da polícia vai atuar fortemente no local a partir desta terça-feira (15), com a presença da Guarda Municipal e Civil do Recife e da Polícia Militar. “Nesta terça já vamos colocar um grande efetivo para as pessoas terem tranquilidade. Vamos garantir que as pessoas que vão desfrutar do Recife Antigo não vão ficar amedrontadas em função de uma meia dúzia de delinquentes que querem provocar terror".

Na última sexta-feira, em reunião com representantes da Polícia Militar, GPCA, Emlurb e outros órgãos, foi deliberado que seria feito uma força-tarefa para acompanhar de perto esses tumultos e arrastões que estão acontecendo nos domingos à noite.


Veja também

WhatsApp quer permitir que empresas façam vendas direto no aplicativo
Tecnologia

WhatsApp quer permitir que empresas façam vendas direto no aplicativo

Comitê do Senado aprova nomeação de juíza ultraconservadora para a Suprema Corte dos EUA
Mundo

Comitê do Senado aprova nomeação de juíza ultraconservadora para a Suprema Corte dos EUA