Sede da Draco será inaugurada segunda-feira no Recife

Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco) foi criado a partir da reestruturação de seis delegacias para oferecer ao Estado a estrutura legal de combate à corrupção

Paulo CâmaraPaulo Câmara - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

 

Será inaugurada na próxima segunda-feira (10), no Recife, a sede do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco), órgão recém-criado a partir da reestruturação de seis delegacias, para oferecer ao Estado a estrutura legal de combate à corrupção. Segundo o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, o departamento, que começa com duas delegacias especializadas na investigação desse crime, contará com oito unidades até o final de 2021, abrangendo todas as regiões do Estado.

"Até a criação do Draco, Pernambuco não tinha nenhuma delegacia para combater a corrupção", disse o governador, ressaltando a ampliação dos núcleos de inteligência e o treinamento dos policiais para as novas funções. Segundo o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, o departamento permitirá ainda ações integradas com outros estados e oferecerá base legal para a atuação integrada da polícia com outras entidades de segurança e controle, como os tribunais de contas do Estado e da União, a Receita Federal, a Controladoria Geral da União e a Polícia Federal.

Leia também:
Paulo Câmara assina cinco decretos anticorrupção
[Vídeo] No Cafezinho: João Campos sai em defesa da criação do Draco e cogita problema de comunicação
Extinção de delegacia vira caso de Justiça
Governo une GOE, Polinter e delegacias

 

Veja também

Ex-presidente filipino Benigno "Noynoy" Aquino morre aos 61 anos
Luto

Ex-presidente filipino Benigno "Noynoy" Aquino morre aos 61 anos

Premiê húngaro justifica lei polêmica e diz defender homossexuais
Homofobia

Premiê húngaro justifica lei polêmica e diz defender homossexuais