Segundo dia de lockdown tem filas de carros em bloqueios pelo Recife

Até o dia 31, está proibida a circulação de pessoas e veículos em cinco cidades da Região Metropolitana, com exceção das atividades essenciais

Bloqueio realizado na ponte Joana Bezerra, sentido Boa ViagemBloqueio realizado na ponte Joana Bezerra, sentido Boa Viagem - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Apesar da manhã chuvosa no Recife, o domingo (17) começou com fiscalização rígida em alguns pontos de bloqueios localizados nas principais vias da Cidade. Com o início do lockdown no último sábado, foi possível notar agentes de trânsito abordando motoristas na Ponte Joana Bezerra, no sentido Boa Viagem, e também na avenida Agamenon Magalhães, próximo ao Centro de Convenções, na divisa com Olinda.

Segundo a reportagem pôde ver, alguns motoristas, fazendo o uso de máscaras, apresentaram declarações justificando suas saídas de casa e foram liberados para passar pelos bloqueios. Entretanto, em uma das negativas presenciadas, um cidadão teve que retornar à sua residência, pelo fato de não exercer nenhuma atividade essencial, mesmo com a placa de seu veículo correspondendo ao dia do mês. 
  
Até o dia 31, está proibida a circulação de pessoas e veículos em cinco cidades da Região Metropolitana, com exceção das atividades essenciais. Além da Capital pernambucana, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata e Camaragibe seguem o Decreto Estadual nº 49.017/2020, assinado no início da última semana, na intenção de conter a disseminação do novo coronavírus. Ao longo dos últimos dias, os bloqueios feitos por agentes de trânsito, guardas municipais e policiais militares aconteceram de forma educativa.

Quem precisar sair de carro, deve ficar atento ao final ao dígito final da placa. O veículo que tiver a placa terminada em 1,3,5,7 ou 9 só pode rodar nos dias ímpares. Os veículos com placas terminadas em 0,2,4,6 e 8 só devem circular nos dias pares. Vale lembrar, que mesmo respeitado o rodízio, os motoristas têm que justificar, ao serem abordados no bloqueio, o motivo por estar saindo de casa. Quem não seguir as medidas pode ter o automóvel retido.

Segundo o decreto estadual, está permitida a circulação de veículos e pessoas que estejam envolvidas com atendimento de necessidades essenciais de gêneros alimentícios, medicamentos e produtos de higienes, obtenção de atendimento ou socorro médico, prestação ou utilização de serviços bancários ou atividades análogas, deslocamento ao aeroporto e terminais rodoviários, e desempenho de atividades essenciais.

Leia também:
Quarentena: bloqueios são montados no Recife para orientação de motoristas
Pernambuco tem recorde diário de casos da Covid-19 nas últimas 24h


De acordo com o governo do estado, mais de 600 policiais militares foram escalados para atuar em blitze, que vão fiscalizar a saída das pessoas nas ruas e, ainda, o cumprimento do rodízio de carros. Além do uso obrigatório de máscara pela população, os veículos só podem transportar até três pessoas, contando com o motorista.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Na Cúpula do Clima, países anunciam pela 1ª vez metas capazes de conter aquecimento global
Clima

Na Cúpula do Clima, países anunciam pela 1ª vez metas capazes de conter aquecimento global

Conselho de Enfermagem apura denúncias de fraude na vacinação em São Paulo
Coronavirus

Conselho de Enfermagem apura denúncias de fraude na vacinação em São Paulo