Seleção feminina de vôlei perde da Argentina por 3x0

Time brasileiro jogou mal nesta quinta-feira (8) e, agora, precisa vencer os EUA, na sexta (9), para ir às sêmis

José Roberto Guimarães, técnico da seleção feminina de vôleiJosé Roberto Guimarães, técnico da seleção feminina de vôlei - Foto: Vitor Calvo

Depois de vencer na estreia, a seleção brasileira feminina de vôlei sofreu o primeiro revés nos Jogos Pan-Americanos de Lima na tarde desta quinta-feira (8). O time foi derrotado por 3 sets a 0 pela Argentina, com parciais de 25/23, 25/19 e 25/23, em pouco mais de uma hora e meia de confronto. Foi o segundo compromisso do Brasil, que está no Grupo B do torneio, ao lado também dos Estados Unidos, adversário desta sexta-feira (9), às 15h. O duelo, por sinal, definirá o segundo classificado do grupo para as semifinais, uma vez que a Argentina, com duas vitórias, já está garantida no mata-mata.

Na partida desta quinta, o grupo brasileiro mostrou fragilidade no passe e vulnerabilidade defensiva. Em Lima, o técnico José Roberto Guimarães comanda um elenco misto, com algumas atletas que estiveram nas campanhas do vice-campeonato da Liga das Nações e da conquista da vaga nos Jogos em Tóquio através do Pré-Olímpico, como a levantadora Macris, a central Mara e a oposta Lorenne. A grande maioria das atletas, contudo, vive pela primeira vez a experiência de disputar um evento maior com a camisa da seleção principal do Brasil. Há muitas meninas da nova geração, como as ponteiras Tainara, Julia Bergmann, Lana e Maira. Fora isso, o grupo treinou junto apenas um dia antes da competição e não tem o entrosamento ideal.

Veja também

Brasil tem a pior proporção de computador por aluno entre países testados no Pisa
Educação

Brasil tem a pior proporção de computador por aluno entre países testados no Pisa

Estudo feito nos EUA confirma baixa letalidade da Covid-19 em crianças
Coronavírus

Estudo feito nos EUA confirma baixa letalidade da Covid-19 em crianças