Seleção masculina de vôlei estreia com vitória no Pan

Time nacional venceu o México por 3 sets a 1 e, nesta quinta (1º), enfrenta o Chile pela liderança do Grupo B

O time brasileiro venceu a equipe mexicana por 3 sets a 1O time brasileiro venceu a equipe mexicana por 3 sets a 1 - Foto: Reprodução/Instagram

A seleção brasileira masculina de vôlei estreou nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019 com vitória por 3 sets a 1 (25/23, 25/19, 22/25 e 25/22) contra o México, na noite dessa quarta-feira (31), no ginásio Polideportivo Callao. O destaque da partida ficou para o oposto Aboubacar Dramé, que marcou 20 pontos para o Brasil. No outro jogo da chave, o Chile venceu os Estados Unidos por 3 sets a 1.

Abouba, como é chamado, falou com a reportagem do R7 e avaliou a atuação dos brasileiros. "Estreia sempre tem nervosismo, mas conseguimos sair com a vitória. Treinamos bastante, mas faltou jogarmos alguns amistosos. Mesmo assim conseguimos nos sair bem", disse ele.

Nesta quinta (1º), o Brasil faz o segundo confronto da primeira fase, contra o Chile, às 22h30 (horário de Brasília), no Polideportivo Callao. O duelo valerá o primeiro lugar do Grupo B.

Leia também:
Com time B, vôlei masculino estreia nesta quarta-feira
Mais uma dobradinha na ginástica do Brasil no Pan-Americano
Brasil inicia Pré-Olímpico de vôlei nesta quinta (1º)

Ao falar da sua atuação, o principal pontuador do jogo dividiu seus méritos com os colegas: "Foi graças ao coletivo. Nosso time passou muito bem, nosso levantador (Rogerinho) soube distribuir bem as bolas e conseguia me deixar na boa", afirmou.

Assim como Abouba, o ponteiro Lucas Lóh também citou o nervosismo da equipe e falou das falhas do time no terceiro set, vencido pelos mexicanos: "Importante tirar a ansiedade de estreia, que é normal. Começamos bem, mas no terceiro set demos uma relaxada. E, hoje em dia, você não pode relaxar no vôlei, porque qualquer time vai vencer você. Mas fica a lição e soubemos lidar com essa pressão".

O jogo
O primeiro set começou bastante equilibrado, mas com o Brasil sempre na frente e com boa participação do oposto Abouba, que foi bastante acionado pelo levantador Thiaguinho, e conseguiu pontuar na maioria dos ataques. Na reta final do set, o Brasil chegou a abrir 21 a 17, mas cometeu alguns erros que permitiram que o adversário empatasse o jogo em 23 a 23. O time conseguiu se concentrar novamente e num ace de Matheus Bispo fechou o primeiro set em 25 a 23.

Diferentemente do primeiro set, o Brasil não conseguiu abrir vantagem no placar no segundo e as duas equipes cometeram muitos erros de saque. Quando o time brasileiro teve chance de abrir dois pontos de vantagem, a arbitragem cometeu um erro grosseiro ao dar um toque do bloqueio brasileiro quando, na verdade, o jogador mexicano acertou a rede. O erro da arbitragem mexeu com a seleção brasileira, que logo abriu 12 a 8 no placar. O time comandado por Marcelo Fronckowiak administrou a vantagem e fechou o segundo set em 25 a 19.

O terceiro set foi bastante equilibrado desde o início e nenhuma das equipes conseguiu abrir vantagem no placar até a metade do set, quando o México fez 15 a 13. A equipe adversária conseguiu defender bem os ataques brasileiros e venceu o set por 25 a 22. O quarto set seguiu o mesmo ritmo, com as equipes disputando ponto a ponto e sem abrir distância no placar. Após bons saques do levantador Thiaguinho e a melhora no bloqueio, o Brasil conseguiu abrir 12 a 8 no placar. A seleção conseguiu segurar a vantagem e vencer o set por 25 a 22.


Veja também

Confira a previsão do tempo para esta segunda (30) em Pernambuco
TEMPO

Confira a previsão do tempo para esta segunda (30) em Pernambuco

Praia de Boa Viagem com poucos banhistas neste domingo de segundo turno
Recife

Praia de Boa Viagem com poucos banhistas neste domingo (29)