Sem nenhuma morte, Eslováquia começa a reabrir lojas

Oficinas de bicicletas, lojas de jardinagem e de material de construção e utensílios domésticos estão na lista

Governantes da EslováquiaGovernantes da Eslováquia - Foto: Vladimir Simicek / AFP

Um dos primeiros países a adotar medidas drásticas de confinamento para combater o coronavírus, a Eslováquia (Europa central) vai começar a reabrir algumas lojas não essenciais, com a condição de que entre apenas um cliente por 25 metros quadrados.

Entre os negócios que terão a proibição de funcionamento relaxada pelo governo estão lojas e oficinas de bicicletas, lojas de jardinagem e de material de construção e utensílios domésticos.

A Eslováquia, cuja população é de 5,45 milhões pessoas, não registrou nenhuma morte desde que o primeiro caso foi confirmado no país, em 5 de março, e está entre os países europeus com menos números totais de doentes (292, dos quais 2 se recuperaram) e com menor taxa de casos confirmados por 100 mil habitantes (5,4)..

Leia também:
Espanha determina que todos os trabalhadores não essenciais fiquem em casa
Itália registra 919 novas mortes, maior número diário desde início da pandemia do coronavírus
França registra mais de 1.300 mortes pela Covid-19 

Diferentemente de outros países em que a falta de testes pode levar a subnotificação dos casos confirmados, a Eslováquia tem intensificado os exames. O serviço público realizou 6.470 testes até agora, e laboratórios privados foram integrados ao programa oficial na sexta (26).

O país adotou o confinamento amplo no dia 12 de março, logo depois de a Itália decretar quarentena. Naquele momento, apenas dez eslovacos haviam obtido resultado positivo para contágio com o novo coronavírus.

Foram proibidas viagens, e as fronteiras ficaram abertas apenas para residentes no país. Todos os eventos culturais, esportivos e religiosos foram suspensos, assim como partidas esportivas.

O governo eslovaco também proibiu visitas a hospitais e casas de idosos e suspendeu aulas em todas as escolas. Apenas um paciente está em estado grave hoje no país, internado em UTI.

Enquanto a Eslováquia relaxa suas regras, a Espanha, um dos mais afetados do continente, apertou o confinamento neste sábado. Com 832 mortes em 24 horas, número recorde, o governo determinou que todos os trabalhadores não essenciais devem ficar em casa até 9 de abril.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

Veja também

Covid-19: casos sobem para 17,7 milhões e mortes, para 496 mil
Coronavírus

Covid-19: casos sobem para 17,7 milhões e mortes, para 496 mil

Não há previsão para a chegada da vacina da Janssen, diz secretário de Saúde de Pernambuco
Coronavírus

Não há previsão para a chegada da vacina da Janssen, diz secretário de Saúde de Pernambuco