Semana com decisões para o Sport

Sport enfrenta o Sete de Setembro/MS, amanhã, pela Copa do Brasil, e sábado encara o Ríver/PI pelo Nordestão

Rithely reconhece que time vem sofrendo com "apagões" e busca explicações para o problemaRithely reconhece que time vem sofrendo com "apagões" e busca explicações para o problema - Foto: Arthur Mota

 

Consertar para focar nas duas "decisões" que terá nesta semana. Após o gostinho amargo de ceder o empate mesmo com um homem a mais em campo no Clássico das Multidões do último sábado, o Sport se reapresentou ontem no Centro de Treinamento José Médicis, em Paratibe, de olho nos confrontos contra Sete de Setembro/MS e River/PI. O primeiro é válido pela Copa do Brasil e acontece amanhã, na Ilha do Retiro.

Pelo novo regulamento da disputa nacional, a vaga será decidida em jogo único, passando o vencedor. Em caso de empate, a decisão sairá nos pênaltis. A "motivação" principal neste caso são os R$ 680 mil garantidos para o clube que carimbar a passagem à fase seguinte. No sábado, o Leão vai até o Piauí encarar o River/PI valendo a liderança do Grupo C da Copa do Nordeste. Os dois times estão com sete pontos conquistados, mas os piauienses levam a melhor nos critérios de desempate.
Para essas duas decisões o treinador Daniel Paulista deverá contar com força máxima. Ontem, o zagueiro Durval e o meia Diego Souza não treinaram, sendo poupados por cansaço muscular. Porém, não devem ser problema para a partida contra os sul-mato-grossenses. Como se trata de uma decisão em jogo único, o foco total é fundamental.

Por isso, os rubro-negros se cobram neste quesito. "Nós lutamos muito, mas não dá para entender essas quedas de rendimento do nosso time. Sofremos com apagões no início de jogo ou no fim. Temos de conversar porque isso não pode existir. Um time tão grande, que quer brigar por títulos e ser campeão não pode fazer essas coisas", comentou o volante Rithely, referindo-se ao jogo contra o Santa Cruz, no último final de semana.

Do outro lado da disputa, o Sete de Setembro, da cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, vem tendo uma temporada decepcionante. Das seis partidas oficiais que fez até agora em 2017, apenas uma vitória, três empates e duas derrotas. O único triunfo foi justamente contra o River/PI, na classificação histórica pela Copa do Brasil. Além disso, o clube já foi eliminado na fase preliminar da Copa Verde e ainda não venceu no Estadual. A folha salarial do time gira em torno de R$ 100 mil contra os R$ 3 milhões do Sport.

Série A
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou ontem a tabela básica do Brasileirão 2017. O Sport estreia contra a Ponte Preta, fora de casa. A data do confronto será 13/05 (sábado) ou 14/05 (domingo), já que a entidade máxima do futebol nacional ainda não divulgou os detalhes da primeira etapa da competição. Em seguida, o Leão encara Cruzeiro e Grêmio, ambos na Ilha do Retiro.

 

Veja também

Enseada dos Corais assistiu, nesta quarta (21), ao nascimento de 100 tartarugas-cabeçudas
Vida marinha

Enseada dos Corais assistiu, nesta quarta (21), ao nascimento de 100 tartarugas-cabeçudas

Biden comemora as 200 milhões de doses de vacinas anticovid aplicadas nos EUA
EUA

Biden comemora as 200 milhões de doses de vacinas anticovid aplicadas nos EUA