Sequipe debate a prevenção

No Brasil, são esperados 57.960 casos novos de câncer de mama em 2016

Made In ItalyMade In Italy - Foto: Divulgação

 

Alertar para o diagnóstico precoce como principal aliado de uma boa resposta ao tratamento do câncer de mama foi um dos temas centrais do encontro Outubro Rosa em Destaque, evento promovido pelo Serviço de Quimioterapia de Pernambuco (Sequipe), em parceria com a Casa Rosada Recepções, na quinta-feira (6).

O encontro abre a programação do mês de orientação sobre o tipo de tumor mais frequente entre as mulheres, mas que também atinge alguns homens em menor proporção. No Brasil, são esperados 57.960 casos novos de câncer de mama em 2016. A doença responde por cerca de 25% das novas ocorrências a cada ano, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer.

“Quanto mais cedo a mulher diagnosticar, maiores são as chances de ela não perder a mama. Se ela tem a possibilidade de um diagnóstico precoce, pode-se conservar a mama e evitar mutilações, fazer tratamento de quimioterapia, radioterapia e hormonioterapia que possibilitem a mulher ter uma vida saudável e superar todo o estigma que tinha o câncer como morte”, disse o médico Eriberto Marques.

 

Veja também

UFPE retoma atividades com aulas remotas a partir de agosto
Coronavírus

UFPE retoma atividades com aulas remotas a partir de agosto

Após reunião com Mourão, fundo nórdico diz que falta plano sobre desmatamento
Meio Ambiente

Após reunião com Mourão, fundo nórdico diz que falta plano sobre desmatamento