Série de protestos complica trânsito esta tarde no Centro do Recife

Várias categorias realizam protesto na tarde desta terça

Protesto dos servidores municipais do Recife no Cais do ApoloProtesto dos servidores municipais do Recife no Cais do Apolo - Foto: Luna Markman/ Portal FolhaPE

Uma série de protestos simultâneos complica o trânsito na tarde desta terça-feira (8) no Centro do Recife. São atos de trabalhadores diferentes: motoristas de caminhão de transporte de veículos (cegonheiros), motoristas e cobradores de ônibus do Grande Recife e servidores da Prefeitura do Recife.

Protesto iniciado desde o dia 31 de julho, os motoristas de caminhões-cegonhas estão com quase 50 veículos estacionados no Centro do Recife, nas proximidades do Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual, no bairro de Santo Antônio - os veículos estão em ruas como Martins de Barros e Imperador e pontes Princesa Isabel e Buarque de Macedo.

Na avenida Cruz Cabugá, no bairro de Santo Amaro, na altura da Casa da Indústria,  rodoviários pararam os ônibus e desceram dos coletivo, por volta das 15h50, causando transtornos para os passageiros. De acordo com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), às 16h46, a pista permanecia interditada em ambos os sentidos.

A CTTU indica seguir pelo Cais do Apolo, já liberado, após protesto dos servidores grevistas do Recife. Primeiro, a faixa sentido sul-norte foi liberada para depois a outra ser aberta ao trânsito, às 16h31. O bloqueio do trânsito começava já na cabeceira da Ponte do Limoeiro, a rua da Aurora, obrigando o desvio do tráfego de veículos particulares e coletivos.

Mais informações em instantes

Veja também

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU
Mundo

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU

Familiares buscam cilindros de oxigênio salvar pacientes em Manaus
Pandemia

Familiares buscam cilindros de oxigênio salvar pacientes em Manaus