Notícias

Sertanejos dominaram a música em 2016; veja os mais escutados

Jorge & Mateus foram o grande destaque do ano em lista feita pelo Spotify

Presidente Jair Bolsonaro Presidente Jair Bolsonaro  - Foto: Flickr/ Palácio do Planalto

Não teve pra ninguém. Em 2016, quem dominou as paradas musicais brasileiras foram mesmo os sertanejos. Nas rádios, na internet, ou na TV, as duplas estavam em todo lugar. Nos apps de música, a história não foi diferente. O Spotify divulgou sua retrospectiva do ano e os artistas mais populares da plataforma foram a dupla Jorge & Mateus.

Outras duas duplas integram o Top 5 de artistas que bombaram: Henrique & Juliano e Matheus & Kauan, em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

O álbum mais ouvido também foi de Jorge & Mateus. Com "Como. Sempre Feito. Nunca", registro ao vivo, eles superaram nomes como Justin Bieber, Maiara e Maraísa e Marília Mendonça.

Já entre as músicas mais reproduzidas, o domínio foi gringo. A artista feminina mais ouvida no Brasil foi Rihanna, enquanto o masculino foi Justin Bieber. Seus grandes sucessos do ano, "Work" e "Sorry", foram as canções mais escutadas na plataforma digital.

Confira as listas dos mais ouvidos do Spotify:

Top artistas

1. Jorge & Mateus
2. Henrique & Juliano
3. Matheus & Kauan
4. Justin Bieber
5. Wesley Safadão

Top músicas

1. Work - Rihanna

2. Sorry - Justin Bieber

3. One Dance - Drake

4. Love Yourself - Justin Bieber

5. Work from Home - Fifth Harmony

Top álbuns

1. Como. Sempre Feito. Nunca (Ao Vivo) - Jorge & Mateus


2. Purpose - Justin Bieber


3. Show Completo | Ao Vivo em Goiânia - Maiara & Maraisa
4. Marília Mendonça - Marília Mendonça
5. Na Praia - Matheus & Kauan

Top 5 artistas femininas

1. Rihanna
2. Maiara & Maraisa
3. Marília Mendonça
4. Anitta
5. Ariana Grande

Top 5 artistas masculinos

1. Jorge & Mateus
2. Henrique & Juliano
3. Matheus & Kauan
4. Justin Bieber
5. Wesley Safadão

Veja também

Rússia anuncia expulsão de diplomatas espanhóis, franceses e italianos
Rússia

Rússia anuncia expulsão de diplomatas espanhóis, franceses e italianos

Falsa biomédica presa atraía clientes para procedimentos estéticos no RJ pelas redes sociais
Crime

Falsa biomédica presa atraía clientes para procedimentos estéticos no RJ pelas redes sociais