Servidores protestaram em frente ao Palácio do Governo

Servidores ligados ao Sindicato dos Servidores Públicos Civis de Pernambuco protestaram exigindo inserção do órgão na mesa de negociações com o Governo para discussão de suas pautas. Exigem resposta do secretário Milton Coelho,que deve se afastar do cargo

Servidores ligados ao SINDSERPE prostestaram em frente ao Palácio do GovernoServidores ligados ao SINDSERPE prostestaram em frente ao Palácio do Governo - Foto: Arthur Mota / Folha de Pernambuco

Servidores públicos das Fundações, Autarquias e Secretarias da base do Sindicato dos Servidores Públicos Civis de Pernambuco (SINDSERPE) protestaram na manhã desta quarta-feira (04) para exigir uma resposta do Governo do Estado, por meio do secretário Estadual de Administração, Milton Coelho, quanto a inserção do sindicato na mesa de negociações entre sindicatos e o Governo.

A categoria sinalizou que há de se mobilizar outras vezes e que há de considerar possibilidade de greve, que afetaria o funcionamento do Instituto de Medicina Legal (IML), Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco (Funape), Hospital dos Servidores do Estado (HSE) e o Instituto de Recursos Humanos (IRH).

Somente cinco sindicatos compõem a mesa, deixando de fora cerca de 12 entidades, segundo o vice-presidente do SINDSERP, Edson Diniz. “E não foi por conta de prazo, que nós entregamos a nossa pauta, onde constam as pautas dos servidores das diretas, das autarquias e das fundações”.

Leia também:
França tem segundo dia de greve no setor ferroviário
Greve de servidores da Adagro atinge produtores de Pernambuco

Segundo Diniz, a primeira mesa de negociações aconteceu em março, tendo o Governo sinalizado somente para cinco sindicatos, quando o SINDSERP já teria entregue sua pauta desde fevereiro. Dentre as reivindicações da mobilização estão o reajuste salarial,que não é feito há quatro anos, e o reajuste do vale alimentação, que é de R$ 7,00 diários há cerca de 10 anos, além de “pautas específicas as quais não têm repercussão financeira”.

No aguardo de uma resposta por parte do secretário de Administração, a liderança sindical se disse preocupada, já que Milton Coelho deve se afastar do cargo em breve para disputar as eleições.

Veja também

Em ofensiva contra aborto, governo estabelece em diretriz o direito à vida desde a concepção
Aborto

Em ofensiva contra aborto, governo estabelece em diretriz o direito à vida desde a concepção

Suspeito de matar ator de 'Chiquititas' e os pais dele fez documento falso no Paraná, diz polícia
Crime

Suspeito de matar ator de 'Chiquititas' e os pais dele fez documento falso no Paraná, diz polícia