Siri

Siri na Lata 2017 com novo formato e dois espaços de camarotes

Tradicional Prévia dividiu o primeiro andar do Clube Português

Jarbas Vasconcelos com Ricardo Carvalho, que ocupou camarote centralJarbas Vasconcelos com Ricardo Carvalho, que ocupou camarote central - Foto: Raquel Melo

Na sua 41ª edição, o Baile do Siri na Lata mostrou que o efeito da crise chegou pra valer no Carnaval. Já na Agamenon Magalhães dava para se notar que o fluxo de carros era bem menor que em anos anteriores. No pátio de entrada, também pouca gente e, pela primeira vez, os camarotes foram divididos em duas alas: a tradicional - que também não lotou- E outra - um vão livre, no esquema open bar - batizada de Siri na Laje, comandada por Alana Marques e cia. Nesta área, um público que costuma frequentar as festinhas alternas.

Apesar dos camarotes e área externa com pouca gente, o salão lotou

Apesar dos camarotes e área externa com pouca gente, o salão lotou Crédito: Raquel Melo

No Siri na Laje, a turma dançou ciranda, pois não havia divisão

 No Siri na Laje, a turma dançou ciranda, pois não havia divisão Créditos: Raquel Melo

Alana Marque comandou o Siri na Laje

 Alana Marques comandou o Siri na Laje Crédito: Raquel Melo

 Pela primeira vez, três mulheres foram convidadas para serem Musas do Siri na Lata e levantarem o debate sobre a diversidade: a transexual Fabianna Mello, a nórdica Henriqueta de Belli, e negra Laís Vieira.

Lais Vieira, a trans Fabiana de Melo e Henriqueta de Belli

Lais Vieira, a trans Fabiana de Melo e Henriqueta de Belli Crédito: Raquel Melo

Também este ano, "os donos da festa" Paulo Braz e Ricardo Carvalho optaram por ficar em espaços separados. Braz ocupou o lugar de sempre coladinho ao palco. Já Carvalho preferiu o camarote central e levou muitos músicos e amigos, como Cezzinha e Silvinha e Germano Haiut.

Paulo Braz com Carla Delgado em seu camarote

 Paulo Braz com Carla Delgado em camarote, que comandou só Crédito: Raquel Melo

O deputado Jarbas Vasconcelos, frequentador assíduo da prévia, fez jus a tradição, e levou todos os filhos. Estava com Flora, Ferreira, Zinho e sua turma de sempre. A certa altura foi até o camarote de Antonio Lavareda e passou bom tempo numa longa conversa ao pé do ouvido. Terezinha Nunes estava por lá com o marido, Dagoberto.

Jarbas com os filhos Jarbinha, Adriana e Andrea

 Jarbas com os filhos Jarbinha, Adriana e Andrea Créditos: Raquel Melo

Dagoberto, Terezinha Nunes e Lavareda

 Dagoberto, Terezinha Nunes e Lavareda Créditos: Raquel Melo

 O prefeito de Palmares, Altair Júnior, e a mulher Giselle Saraiva comandaram espaço ao lado de Rosinha e Marquinhos Menezes. Outro espaço concorrido foi o que reuniu o mundo jurídico, com muitos desembargadores do Tribunal de Justiça e advogados, inclusive o presidente da OAB-PE.

Altair Júnior e Giselle Saraiva, Marquinhos e Rosinha Menezes

 Altair Júnior e Giselle Saraiva, Marquinhos e Rosinha Menezes Créditos: Raquel Melo

 Aluízio Maluf e Sílvio Meira seguiram à risca o tema da festa, Cassino do Siri, em reverência a Chacrinha e foram de "Velho Guerreiro". Almir Rouche também encarnou Abelardo Barbosa e deu show de animação. Veja abaixo mais fotos de quem circulou e mais na galeria.

Aluizio Maluf personificou o Velho Guerreiro

 Aluizio Maluf personificou o Velho Guerreiro Créditos: Raquel Melo

Katia Betmann e Sílvio Meira, também de Chacrinha

 Katia Betmann e Sílvio Meira, também de Chacrinha Créditos: Raquel Melo

 PARA VER AS FOTOS DA NOSSA GALERIA, CLIQUE AQUI. 

Veja também

Brasil contabiliza quase 43 mil novos casos de Covid-19
Coronavírus

Brasil contabiliza quase 43 mil novos casos de Covid-19

Preso oficial da reserva da PM suspeito de envolvimento em crimes contra caixas eletrônicos

Preso oficial da reserva da PM suspeito de envolvimento em crimes contra caixas eletrônicos