Sobrevivente de queda de helicóptero tem quadro grave porém estável

Aeronave da Globo caiu em Brasília Teimosa matando dois tripulantes; operador de transmissão Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, foi o único sobrevivente

Parentes de Miguel Brendo aguardam cirurgia dele no HR; no chão, a namorada de Miguel com o pai. Na maca, a mãe deleParentes de Miguel Brendo aguardam cirurgia dele no HR; no chão, a namorada de Miguel com o pai. Na maca, a mãe dele - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

É grave, porém estável o quadro de saúde do operador de transmissão Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, único sobrevivente da queda do helicóptero da Globo na praia de Brasília Teimosa, Zona Sul do Recife, na manhã desta terça-feira (23). Duas pessoas morreram no acidente: o comandante Daniel Galvão, de 33 anos, e a controladora de tráfego aéreo Lia Maria Abreu de Souza, de 34 anos.

Sobre o quadro clínico de Miguel Brando, os médicos dizem que a pior parte já passou. Pouco antes do meio dia, a cirurgia dele foi concluída. De acordo com os médicos, a hemorragia foi controlada e a pressão arterial, também. Será feita uma tomografia para averiguar os danos causados no tórax e na cabeça dele. Apesar dos múltiplos traumas, o quadro de Miguel está sendo considerado estável.

Segundo parentes, Miguel foi submetido a uma traqueostomia, mas respira sem a ajuda de aparelhos. Eles contaram ainda que o rapaz sofreu uma hemorragia no baço, mas o sangramento já foi contido. A família de Miguel entrou novamente para vê-lo por volta das 15h30 e, em seguida, irão ao velório do piloto.

Leia também:
Helicóptero da Rede Globo cai no Recife; veja vídeo
Moradores dizem ter visto ave atingir helicóptero da Globo
[Galeria] Confira imagens da queda do helicóptero da Globo
PF assumirá investigação de queda de helicóptero da Globo no Recife


Miguel Brendo chegou ao HR em estado extremamente grave. De acordo com o diretor geral da unidade de sáude, Miguel Arcanjo, o paciente sofreu vários traumatismos e choque hipovolêmico, também conhecido como choque hemorrágico, que é quando se perde cerca de um litro de sangue. "Ele sofreu um traumatismo de face extremamente severo e ainda lesões de membros superiores e inferiores. O paciente foi atendido de imediato pela equipe cirúrgica e levado ao bloco cirúrgico. Foi realizada drenagem torácica e laparotomia exploradora. Ele seguirá para a UTI onde nós tentaremos estabilizá-lo. Eventualmente ele pode passar por várias outras cirurgias", detalhou.

No hospital, a namorada de Miguel, os pais dela, a mãe do rapaz e o padrasto estavam desolados. Padrasto de Miguel Brendo e um dos donos da Heliase, o capitão Wagner Monteiro afirmou que a aeronave tinha passado por revisão recentemente. Ele disse ter recebido a informação de que a equipe tentaria um pouso na água, mas disse não saber o que provocou a queda.

Veja também

Brasil registra 1.091 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h
Coronavírus

Brasil registra 1.091 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h

André Longo é eleito por unanimidade vice-presidente do Conselho de Secretários de Saúde
Saúde

André Longo é eleito por unanimidade vice-presidente do Conselho de Secretários de Saúde