rio de janeiro

Socialite Regina Gonçalves teria sido ameaçada com escorpião e tirado lâmpadas do apartamento

Entre os supostos maus tratos, ela também teria sofrido um acidente com varal de ferro de cortina que a deixou com oito pinos na cabeça por afundamento craniano

Regina Gonçalves é viúva do empresário Nestor Gonçalves, fundador do Conglomerado do Grupo Nestor Gonçalves e Grupo Copag do BrasilRegina Gonçalves é viúva do empresário Nestor Gonçalves, fundador do Conglomerado do Grupo Nestor Gonçalves e Grupo Copag do Brasil - Foto: Reprodução

A família da socialite Regina Gonçalves, de 88 anos, relatou que o ex-motorista José Marcos Chaves Ribeiro, de 53 anos, teria praticado maus tratos contra ela. Segundo os familiares, Ribeiro teria soltado até um escorpião no apartamento para picar Regina. A socialite voltou na última sexta-feira para o seu apartamento no luxuoso Edifício Chopin, em Copacabana, após “ficar isolada por dez anos” sob suposto cárcere denunciado pela família.

Um parente, que preferiu não se identificar, contou que, além de deixar o animal venenoso no apartamento, o motorista também teria tirado as lâmpadas do quarto e do corredor para que a socialite se acidentasse.

"Nada disso foi por acaso, ele queria mais era que a Regina morresse. Ela já é uma mulher idosa, tirar as lâmpadas e deixar tudo no escuro era para que ela caísse. Ele não queria o bem dela, se não, não teria deixado um animal venenoso a solta no apartamento" afirmou.

Além desses supostos relatos de indícios de maus tratos e isolamento da socialite nos últimos dez anos, João Chamarelli, empresário e amigo de Regina, autorizado a falar pela família, em entrevista ao blog Segredos do crime, relatou que, cinco dias após o primeiro testamento feito pela socialite ela se acidentou. O documento, feito em 21 de dezembro de 2021, ainda é da época em que ela estaria vivendo com Ribeiro, conforme declaração de união estável registrada no 23º Ofício de Notas da Capital do Rio, no Centro do Rio, no mesmo dia do testamento, segundo a família da socialite:

"(Ele) Foi consertar a cortina e, acidentalmente, o varal de ferro caiu na cabeça da Regina. Aí ela teve um afundamento craniano, que gerou a necessidade de uma cirurgia e a colocação de oito pinos" disse Chamarelli.

No retorno ao apartamento, na última sexta, Álvaro O’hara, estilista e amigo da socialite, contou ainda que em janeiro, quando Regina teria fugido para a casa do irmão, eles a encontraram com 30kg a menos e as mãos quebradas.

"Ela tem as marcas nas mãos, estavam quebradas. Ela emagreceu, não se alimentava direito e tinha todos os indícios de que estava sendo maltratada por ele" destacou Álvaro.

A defesa de José Marcos Chaves Ribeiro foi procurada para prestar esclarecimentos, mas não retornou aos contatos. O espaço segue aberto à manifestação.

Veja também

Pequinês de língua caída e sem dentes é eleito o cão mais feio do mundo
EUA

Pequinês de língua caída e sem dentes é eleito o cão mais feio do mundo

Grécia: 13 são presos acusados de causar incêndio ao lançar fogos de artifício de iate
INCÊNDIO FLORESTAL

Grécia: 13 são presos acusados de causar incêndio ao lançar fogos de artifício de iate

Newsletter