Violência

Soldado da PM morre após ser baleado em ação policial no Cabo

Paulo Henrique de Almeida servia na polícia desde 2018 e deixa dois filhos

Quartel do Derby, no RecifeQuartel do Derby, no Recife - Foto: Divulgação

O soldado da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) Paulo Henrique de Almeida, de 27 anos, morreu baleado, nessa quarta-feira (21). Ele, que tinha cerca de dois anos de serviços na corporação foi atingido por um disparo de arma de fogo em uma ação policial na comunidade da Babilônia, em Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR). 

De acordo com a PMPE, Paulo Henrique realizava incursões para checar denúncia de disparo de arma de fogo na área quando foi baleado. "A equipe que o policial integrava foi recebida a tiros por indivíduos suspeitos e ele [o soldado] acabou atingido", diz a Polícia Militar em nota.

Paulo Henrique foi socorrido para o Hospital Dom Helder Câmara, localizado no Cabo. Ele, no entanto, não resistiu ao ferimento e faleceu por volta das 22h45 da quarta-feira. 
 

"Apesar do pouco tempo na PMPE, o soldado deixa sua passagem marcada pela bravura e pelo companheirismo e será sempre lembrado pelo orgulho e pela dedicação que fizeram de sua farda uma segunda pele, em defesa da sociedade pernambucana", lamentou a Polícia Militar em nota assinada pelo comandante geral, o coronel Vanildo Maranhão.

Nesta quinta-feira (22), às 14h, a PMPE prestará honras fúnebres a Paulo Henrique em frente ao Quartel do Comando Geral, no bairro do Derby, área central do Recife. 

O velório e o sepultamento ocorrerão na sexta-feira (23), às 15h, no cemitério Memorial Jardim das Flores, na cidade de Feira de Santana, na Bahia, terra natal do PM. Paulo Henrique deixa dois filhos. 

Veja também

Pernambuco registra 1.652 novos casos e 25 novas mortes pela Covid-19 em 24h
Covid-19

Pernambuco registra 1.652 novos casos e 25 novas mortes pela Covid-19 em 24h

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)
Coronavírus

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)