Sport encara o São Paulo na Ilha do Retiro

As duas equipes estão brigando para se afastar da zona de rebaixamento

A Melhor Escolha A Melhor Escolha  - Foto: Divulgação

O Sport joga um confronto direto contra o São Paulo. Em situações normais, qualquer torcedor imaginaria que as duas equipes lutam por algo no topo da tabela, onde o Tricolor Paulista quase sempre se encontra. Porém, nesta quarta-feira (05), na Ilha do Retiro, às 21h45, as duas equipes fazem o confronto dos ameaçados, quase desesperados. Na 15ª colocação, o Leão soma 33 pontos, dois de distância da Z4, e já sente de perto a presença do fantasma do rebaixamento. Em situação “menos ruim”, a equipe comandada por Ricardo Gomes soma 35 pontos e está apenas uma posição à frente dos pernambucanos, numa das piores crises já vistas no Morumbi nos últimos anos. Por todos esses fatores, o jogo vem sendo encarado como uma grande decisão pelas duas equipes.

Pelas contas dos matemáticos de plantão, 45 é o total de pontos de consenso para se livrar da degola. Para isso, o Sport teria que vencer quatro dos dez compromissos ainda restantes. O detalhe é que os rubro-negros possuem cinco partidas dentro de casa. Ou seja, uma derrota para o São Paulo complicaria essa missão, obrigando os leoninos a vencerem os outros jogos em seus domínios ou buscar pontos como visitante, status em que o time só conseguiu duas vitórias, contra Cruzeiro e Santa Cruz.
Por isso, o clima é de tensão. Vindo de derrota para o Fluminense, no último sábado, por 3x1, um novo revés pode abalar as estruturas da Praça da Bandeira. Com os insucessos na temporada, escapar do rebaixamento é visto como obrigação pelos torcedores. Para deixar a situação ainda menos favorável, o Leão não contará com o atacante Ruiz.

Precisando vencer, Oswaldo de Oliveira se viu obrigado a manter a formação ofensiva derrotada pelos cariocas, com Rogério “improvisado” como homem de referência e Gabriel Xavier fazendo o lado esquerdo. O dado preocupante é que nos últimos quatro jogos o time marcou apenas dois gols, com média de 0,5 gol por partida. Segundo os médicos rubro-negros, o colombiano voltou a sentir um desconforto na coxa esquerda e já está vetado dos próximos dois jogos (São Paulo e Chapecoense), precisando esperar um pouco mais para que seja feita uma previsão de retorno.

Como novidades, estão as entradas de Matheus Ferraz e Renê. O primeiro cumpriu suspensão na última rodada e volta ao time após a fraca atuação de Durval fazendo dupla com Ronaldo Alves. Já o segundo assume a vaga deixada por Rodney Wallace, que já se apresentou ao selecionado da Costa Rica, que disputa amistoso contra a Rússia, domingo. No setor de marcação, havia a expectativa para que Neto Moura retomasse a sua vaga, mas Oswaldo decidiu pela permanência de Paulo Roberto.

São Paulo
Sem vencer há três jogos, o Tricolor Paulista vem cheio de dúvidas. Com os portões fechados no último treino, o técnico Ricardo Gomes fez mistério sobre a escalação. As dúvidas são sobre os substitutos de Mena (seleção chilena), Wesley (suspenso) e Cueva (seleção peruana). O zagueiro Maicon retorna após três jogos fora, assumindo a vaga de Lugano.

FICHA DE JOGO

SPORT

Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Rithely, Paulo Roberto, Everton Felipe, Diego Souza e Gabriel Xavier; Rogério. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

SÃO PAULO

Denis; Bruno (Buffarini), Maicon, Rodrigo Caio e Carlinhos; Hudson, Thiago Mendes, João Schmidt (Buffarini, Daniel ou Jean Carlos), Kelvin e Michel Bastos; Chavez. Técnico: Ricardo Gomes.

Local: Ilha do Retiro (Recife). Horário: 21h45. Árbitro: Rafael Traci (PR). Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Luciano Roggenbaum (PR). Transmissão: Sportv (menos para PE) e Premiere.

 

Veja também

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro