MUNDO

Submarino que levava turistas até o Titanic some sem deixar rastros

Em entrevista à emissora britânica, um representante da Guarda Costeira de Boston (EUA) confirmou a realização de uma operação de busca em andamento

OceanGate está desenvolvendo a próxima geração de submersíveis para 5 pessoasOceanGate está desenvolvendo a próxima geração de submersíveis para 5 pessoas - Foto: Reprodução/OceanGate Expeditions

Um submersível usado exclusivamente para transportar turistas até os destroços do Titanic desapareceu no Oceano Atlântico. Por enquanto, ainda não foi revelado quantas pessoas estão a bordo da embarcação. A Guarda Costeira de Boston disse à BBC na manhã desta segunda-feira (19) que está procurando o navio.

Criada em 2009, a empresa OceanGate oferece um passeio ao ponto do naufrágio, que leva oito dias e custa cerca de US$ 250 mil, o equivalente a R$ 1,19 milhão. O pacote também pode incluir um mergulho de oito horas até os destroços da embarcação inglesa.

O Titanic, operado pela White Star Line, afundou em sua viagem inaugural pelo Oceano Atlântico em 1912, após colidir com um iceberg. Mais de 1.500 pessoas morreram. O famoso naufrágio fica a 3.800 m no fundo do Atlântico. Os restos do maior navio da sua época ficam a cerca de 600 km da costa de Newfoundland, no Canadá.

O submersível pode acomodar cinco pessoas, diz a empresa, que geralmente inclui um piloto, três convidados pagantes e o que chama de "especialista em conteúdo".

Veja também

Ministério autoriza envio da Força Nacional para o Mato Grosso do Sul
segurança pública

Ministério autoriza envio da Força Nacional para o Mato Grosso do Sul

Kat Torres: quem é a falsa guru do Instagram condenada por tráfico humano e escravidão
CONDENADA NA JUSTIÇA

Kat Torres: quem é a falsa guru do Instagram condenada por tráfico humano e escravidão

Newsletter