Superlua chama atenção no céu do Recife

Fenômeno ocorre quando o satélite está mais próximo da Terra

Superlua chamou atenção no Marco ZeroSuperlua chamou atenção no Marco Zero - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Ela demorou a surgir. Parecia que iria faltar ao compromisso, mas, na verdade, estava se vestindo para uma aparição esplendorosa. Já passava das 18h quando a dona da noite rompeu a escuridão do céu - uma “superlua” perfeitamente redonda e iluminada, que chamou atenção de quem passeava pelo Marco Zero do Recife, na noite deste domingo.

A superlua ocorre quando a lua cheia acontece próxima ao perigeu: aproximação máxima do astro com a Terra (362,6 quilômetros). Assim, durante o fenômeno o satélite natural parece maior e mais luminoso do que o habitual. Neste domingo (16), esse efeito ganhou um ingrediente extra "porque a lua estava ainda mais próxima do horizonte", destacou o coordenador do Observatório Astronômico do Alto da Sé, Alexandre Evangelista.

Ele explicou que a lua percorre uma órbita elíptica em relação à Terra. Ou seja, dependendo de onde estiver localizada nesse percurso ela fica mais próxima ou mais afastada dos observadores terrenos. No ponto mais distante, chamado de apogeu, a média é de 405,4 mil quilômetros de distância.

No imaginário da pequena Antônia, de cinco anos, as explicações são diferentes. “A lua juntou vários pedaços e ficou mais gorda”, disse admirada. Em seu primeiro passeio de domingo no Recife Antigo, a atendente Vilma Ferreira parou para admirar a paisagem surpreendente. "O cenário ficou ainda mais bonito", comentou.

A superlua também influencia o comportamento das marés, pela força gravitacional. Neste domingo, o pico ultrapassou os 2,4 metros. Porém, a imagem de encher os olhos exerce outros efeitos, principalmente sobre os românticos. “Viemos fazer as pazes sob à luz da lua”, revelou o casal Gisely Alves e Pedro Monteiro.

Até o fim deste ano, a superlua fará mais duas aparições nos dias 14 de novembro e 14 de dezembro. 

Veja também

Espanha considera 'estado de alarme' por Covid-19; Madri impõe novas restrições
Coronavírus

Espanha considera 'estado de alarme' por Covid-19; Madri impõe novas restrições

É irônico brancos serem tão sensíveis a falar de raça, diz autora de livro sobre antirracismo
Literatura

É irônico brancos serem tão sensíveis a falar de raça, diz autora de livro sobre antirracismo