Surfista é mordido por tubarão em Fernando de Noronha

Vítima teve ferimentos superficiais no rosto, pescoço e orelha após chocar-se acidentalmente com o animal

Incidente ocorreu na praia da Cacimba do PadreIncidente ocorreu na praia da Cacimba do Padre - Foto: Divulgação

O surfista pernambucano Vinícius Cavalcanti, 31 anos, foi mordido, nesta quinta-feira (14) por um tubarão enquanto surfava na praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha. A vítima, que mora na ilha, teve ferimentos superficiais no rosto, pescoço e orelha.

Segundo informações do Hospital São Lucas, para onde o surfista foi encaminhado, apesar do sangramento intenso, a vítima chegou à unidade de saúde com "sinais vitais estáveis, lúcido e orientado".

O incidente ocorreu por volta das 17h30, quando ele, que é vendedor de açaí na região, aproveitou o final do expediente para surfar. Nessa época do ano é natural que tubarões da espécie limão (não agressiva ao homem) cheguem à parte rasa do mar para se alimentar. Vinicius chocou-se com o animal ao finalizar uma onda com prancha de bodyboard próximo a um cardume de sardinhas. O animal reagiu mordendo a vítima.

Leia também:
Brasileiro morre após ser mordido por tubarão nos Estados Unidos
Tubarão-branco gigante de seis metros faz aparição rara no Havaí

A administração da Ilha se refere ao caso como um incidente e afirma não ser comum ataques da espécie tubarão-limão. Em nota, a administração de Fernando de Noronha lamentou o ocorrido e ressaltou que a superintendência de saúde da Ilha está em prontidão para prestar qualquer atendimento durante o processo de recuperação da vítima.

Em uma conta em rede social, Carlos Vinicius relatou o ocorrido da seguinte forma: "eu não fui atacado por um tubarão. Eu caí em cima dele, que fez o que qualquer ser faria, apenas se defendeu. Eu é que fui imprudente. Estava surfando final de tarde, junto a um cardume de sardinhas e, mesmo após ver que tinha tubarão na água, continuei na água". 

Campeonato
O incidente ocorre a poucos dias do Oi Hang Loose Pro, que tem início marcado para o próximo dia 19, abrindo o calendário da Liga mundial de Surfe (WSL) na América do Sul em 2019. O evento é uma etapa de status QS 6.000 do Qualifying Series, circuito de acesso à divisão principal da modalidade, o Championship Tour (CT), e contará com nomes importantes do cenário mundial da modalidade, a exemplo do bicampeão mundial Gabriel Medina, além dos potiguares Italo Ferreira e Jadson André, todos integrantes do CT. Quem também está confirmado é o pernambucano Ian Gouveia, que disputou as últimas duas edições do CT e correrá o QS em 2019 para tentar retornar à elite. A última vez que Fernando de Noronha recebeu o Hang Loose Pro foi em 2012.

Veja também

Idosa é presa em flagrante por maus-tratos a cães no Recife
Folha Pet

Idosa é presa em flagrante por maus-tratos a cães no Recife

Síndrome rara relacionada ao coronavírus atinge crianças
COVID-19

Síndrome rara relacionada ao coronavírus atinge crianças