Surfistas e banhistas sofrem intoxicação em Maracaípe

Relatos deram conta de gosto e cheiro ruins vindos do mar neste domingo (24). Prefeitura alega que a intoxicação foi decorrente de Maré Vermelha, que é a liberação de toxinas por algas devido ao calor

Praia de Maracaípe, PernambucoPraia de Maracaípe, Pernambuco - Foto: Priscilla Aguiar/Portal FolhaPE

As redes sociais ficaram cheias de relatos de banhistas e surfistas sobre uma possível contaminação em Maracaípe, em Ipojuca, no Litoral Sul, neste domingo (24). Segundo os comentários, a água estava com gosto e cheiro muito ruins. Muitos deles informaram que quem foi à praia apresentou dor de cabeça, espirros, tosse, coriza, febre,enjoo e diarreia. Houve pedido de intervenção à prefeitura.

No mesmo dia havia um evento de surfe no local, e dezenas de pessoas estavam na praia. Alguns precisaram até de atendimento médico no Recife. Nas unidades de saúde de Porto de Galinhas e Serrambi, a Prefeitura de Ipojuca não teve registros desses quadros. “Teve uma hora que um amigo nosso começou a espirrar muito. Depois de um tempo estava todo mundo espirrando muito e meu olho lacrimejando. A gente começou a achar que fosse alguma coisa na praia. Todo mundo tomou banho de mar, mas eu nem tomei porque fiquei com medo de ser algo lá, mas só de estar ali fiquei super mal”, contou a estudante Moana Melo, 21.

Leia também:
Laudo confirma o fenômeno maré vermelha em Muro Alto


Nesta segunda-feira (25), o secretário de Meio Ambiente de Ipojuca, Erivelto Lacerda, afirmou que a situação em Maracaípe decorreu de um fenômeno natural chamado Maré Vermelha, popularmente conhecida por “Tingui”.

Segundo ele, devido a alta temperatura no mar algumas algas começam a expelir toxinas que podem levar a quadros de intoxicação dos banhistas ou frequentadores da praia. “Estamos com equipes fazendo monitoramento. Áreas que estavam bloqueadas para banho foram liberadas. A própria movimentação das ondas dissipa esse fenômeno”, comentou o secretário sobre as medidas tomadas.

As toxinas parecem ter se dissipado em Maracaípe, mas a população que perceber manchas escuras do mar (parecidas com derrame de óleo) e odor ruim na água (semelhante ao de vinagre) deve evitar o banho ou permanência na orla e acionar o WhatsApp da Secretaria de Meio Ambiente no número 99910.5782.

 A CPRH foi até a praia nesta segunda e coletou amostras da água para confirmar a Maré Vermelha e o resultado sairá nos próximos dias.



Veja também

Estudantes podem conferir locais de prova do Enem Digital
Enem 2020

Estudantes podem conferir locais de prova do Enem Digital

Governo solicita 6 milhões de doses de Coronavac ao Butantan
Vacina

Governo solicita 6 milhões de doses de Coronavac ao Butantan