Suspeito de matar fotógrafa no Recife se apresenta em delegacia e é liberado

Raphael Cordeiro Lopes, que foi indiciado por feminicídio, não foi preso por não haver mandado de prisão preventiva contra ele

Raphael e Leandra brigaram após chegar de prévia de CarnavalRaphael e Leandra brigaram após chegar de prévia de Carnaval - Foto: Reprodução/Instagram

Suspeito de matar a esposa, a fotógrafa Leandra Jennyfer da Silva no último domingo (9), o dono de casa de apostas Raphael Cordeiro Lopes se apresentou na Delegacia do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, na manhã desta sexta-feira (14). O suspeito chegou ao local por volta das 9h acompanhado de dois advogados, mas não foi preso por não haver mandado de prisão preventiva contra ele.

O crime ocorreu na residência do casal, no bairro da Madalena, também na Zona Oeste da capital pernambucana. Leandra e Raphael foram a uma prévia de Carnaval em Olinda no sábado (8), e quando chegaram em casa,  já na manhã do domingo, os dois brigaram. O crime foi cometido diante do filho do casal, de 1 ano.

Leia também:
Dor e indignação marcam o adeus à jovem morta na Madalena
Suspeito de matar esposa envia mensagem à sogra no velório: 'Não sei o que fazer da minha vida'


Em nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que o inquérito da morte de Leandra foi concluído nesta sexta-feira e encaminhado ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE). O documento solicita a prisão preventiva de Raphael, que foi indiciado por feminicídio qualificado por motivo fútil.

Veja também

Pandemia de Covid causou aumento de mortes por malária em 2020, diz OMSMalária

Pandemia de Covid causou aumento de mortes por malária em 2020, diz OMS

Projeto cria cadastro nacional de pedófilosJustiça

Projeto cria cadastro nacional de pedófilos