Suspeitos de assassinar sargento e atirar em cabo são presos

Operação conjunta apreende criminosos que participaram de ação criminosa que terminou com a morte de um sargento da Policia Militar

AlgemasAlgemas - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Após a operação conjunta envolvendo os efetivos Militares de Alagoas e Pernambuco, foram presos os criminosos suspeitos de assassinar um sargento da Casa Militar de Pernambuco e atirar em um cabo durante uma tentativa de assalto, na PE-126, entre São Benedito do Sul e Jaqueira, na Mata Sul. O crime aconteceu na última quinta-feira (23) e a prisão foi realizada nessa sexta-feira (24). 

Como resultado da força tarefa, foram apreendidos os suspeitos identificados como Valdemir de Araújo Faustino, “Nena”, José Dilson Gomes de Lima e Diaquino Souza de Miranda. Além dos acusados, houve a apreensão de pistolas, acessórios, munições (nos municípios de Lajedo e Panelas), um colete a prova de balas sem numeração (provavelmente carga da PRF) e um rádio comunicador. A polícia destacou a participação de um cão farejador em explosivos e munições, o Nexus.  Durante a investida, um dos suspeitos foi baleado e também faleceu. Um cabo da PM também foi vítima do assalto, mas passa bem. O cabo envolvido identificou entre três e quatro homens na ação. Através das investigações, a polícia também descobriu que os suspeitos haviam participado de um assalto na cidade de Garanhuns, no Agreste, na quarta (22).

Veja também

Recife abre vacinação contra a Covid-19 para o público a partir de 28 anos
Coronavírus

Recife abre vacinação contra a Covid-19 para o público a partir de 28 anos

Campanha nacional contra Bolsonaro marca nova manifestação para 7 de setembro
Protesto

Campanha nacional contra Bolsonaro marca nova manifestação para 7 de setembro