Clima

Teerã vive sua pior seca em 50 anos

As cinco represas que fornecem água para a capital retêm atualmente menos de um terço de sua capacidade

Imagem ilustrativaImagem ilustrativa - Foto: Pixabay

Teerã sofre a pior seca em meio século devido a uma redução de 97% das chuvas, afirmou nesta terça-feira (26) um alto responsável da empresa regional de águas.

As chuvas na capital iraniana alcançaram 0,4 mm desde 23 de setembro, em comparação com 14,3 mm durante o mesmo período do ano passado, afirmou o vice-diretor de Água e Hidroeletricidade, Mohamad Shariari, citado pela agência de notícias Isna.

"As águas subterrâneas e superficiais estão em estado crítico e não houve uma seca comparável nos últimos 50 anos", informou.

As cinco represas que fornecem água para a capital retêm atualmente menos de um terço de sua capacidade, ou seja, 477 milhões de m3 em vez de 2 bilhões.

No ano passado, o volume de água retido foi de 729 milhões de m3.  

Além disso, o consumo de água nos setores agrícola e industrial aumentou 14% e 8% respectivamente no final de setembro, em comparação com o ano passado. 

Ao mesmo tempo, a produção hidroelétrica se reduziu 40% até alcançar os 250 mil megawatts por hora nos últimos seis meses, segundo Shariari. 

A província de Teerã conta com 13,5 milhões de habitantes - 16,5% da população total do país - espalhados em um território que não supera 1,1% da superfície do Irã.

Veja também

Biden anuncia nova batalha contra Covid-19 após detecção da variante ômicronômicron

Biden anuncia nova batalha contra Covid-19 após detecção da variante ômicron

Arqueólogos encontram múmia de pelo menos 800 anos no PeruDescoberta arqueológica

Arqueólogos encontram múmia de pelo menos 800 anos no Peru