Temer diz que facada a Bolsonaro é 'lamentável para a democracia'

Segundo Michel Temer, o país não pode admitir gestos de intolerância política

"Teremos pouco mais de dois meses. Já estamos nos organizando com o livro da transição para o que foi feito e o que resta a fazer”, disse Temer"Teremos pouco mais de dois meses. Já estamos nos organizando com o livro da transição para o que foi feito e o que resta a fazer”, disse Temer - Foto: Wikimedia Commons / Reprodução

O presidente Michel Temer avaliou como "lamentável para a democracia" a violência sofrida pelo candidato a presidente pelo PSL, Jair Bolsonaro. Segundo ele, o país não pode admitir gestos de intolerância política.

"É lamentável para nossa democracia. Que sirva de exemplo. Se Deus quiser, o candidato Jair Bolsonaro passará bem e não ocorrerá algo mais grave", disse.
Em discurso, durante evento no Palácio do Planalto, o presidente disse que já enviou manifestação de solidariedade ao candidato e que não haverá estado pleno de direito no país com manifestações de intolerância.

Leia também:
Candidatos repudiam ataque contra Bolsonaro
Nota da OAB repudia ataque contra Bolsonaro e pede reflexão contra extremismos


"Isso revela algo que devemos nos conscientizar. É intolerável a intolerância que tem havido na sociedade brasileira. É intolerável que falseiem dados na campanha eleitoral", disse.

Veja também

Falta de insumo da China ameaça vacinas do Butantan e da Fiocruz
Saúde

Falta de insumo da China ameaça vacinas do Butantan e da Fiocruz

Pernambuco registra 322 casos e 11 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h
Covid-19

Pernambuco registra 322 casos e 11 mortes pela Covid-19 nas últimas 24h