Termina nesta terça-feira prazo para matrícula e lista de espera do Sisu

Para evitar problemas de última hora, é importante que os estudantes estejam atentos com relação à documentação solicitada pelas instituições de ensino na qual foram aprovados

Sistema de Seleção Unificado (Sisu)Sistema de Seleção Unificado (Sisu) - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Termina nesta terça-feira (4) o prazo para que os estudantes classificados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020 se matriculem nas instituições de ensino escolhidas.

Para evitar problemas de última hora, é importante que os estudantes estejam atentos com relação à documentação solicitada pelas instituições de ensino na qual foram aprovados. Foram classificados os estudantes mais bem posicionados, de acordo com as notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus.

Leia também:
Sisu: candidatos selecionados têm até esta terça para fazer matrícula
Apesar de decisão, batalha judicial sobre o Sisu continua
Sisu: envio de documentos para matrícula vai até terça-feira


As vagas são distribuídas de acordo com a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012) e de políticas de ações afirmativas, que podem variar de instituição de ensino para instituição.

Lista de Espera
Também termina nesta terça-feira o prazo para participar da lista de espera do Sisu. Só pode participar quem não foi selecionado em nenhuma das duas opções escolhidas no momento da inscrição.

Para participar dessa segunda chance, o candidato deve acessar o seu boletim Sisu e manifestar o interesse no prazo especificado no cronograma. É importante que o candidato acompanhe junto à instituição da vaga escolhida a lista de espera e as convocações para matrícula. A convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições tem início a partir do dia 7 de fevereiro e vai até o dia 30 de abril.

Veja também

Como 46º presidente dos Estados Unidos, Joe Biden entra caminhando na Casa Branca
EUA

Como 46º presidente dos Estados Unidos, Joe Biden entra caminhando na Casa Branca

Cuba espera produzir 100 milhões de doses de sua vacina contra a covid-19 em 2021
Vacina

Cuba espera produzir 100 milhões de doses de sua vacina contra a covid-19 em 2021