Terremoto de 6,4 de magnitude sacode Argentina e Chile

O terremoto ocorreu às 17h57 local (18h57 de Brasília) e a 130 km de profundidade

Ciro Gomes em visita ao RecifeCiro Gomes em visita ao Recife - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Um terremoto de 6,4 graus na escala Richter foi registrado neste domingo na província argentina de San Juan (oeste) e atingiu o norte e centro do Chile, sem relato de vítimas até o momento, informou o Instituto Nacional de Prevenção Sismográfica (Inpres).

O Inpres da Argentina disse que a magnitude do terremoto foi de 6,4, enquanto o Escritório Nacional de Emergência (ONEMI) do Chile havia indicado 6,5 graus na escala Richter.

O terremoto ocorreu às 17h57 local (18h57 de Brasília) e a 130 km de profundidade, de acordo com o Inpres.

O terremoto teve seu epicentro 19 km a sudoeste da cidade de San Juan e 139 km ao norte de Mendoza, duas grandes capitais provinciais da região oeste da Argentina.

Ele também foi sentido nas regiões chilenas de Atacama, Coquimbo, Valparaíso e Metropolitana 0'Higgins, incluindo Santiago.

Após o primeiro tremor, foram registrados em San Juan outros três tremores de magnitude menor (3,7; 3,0 e 4 graus na escala Richter), de acordo com o Inpres.

Os telefones celulares e fixos pararam de funcionar por 30 minutos na cidade de San Juan e alguns deslizamentos foram reportados.

No Chile, o Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha (SHOA) descartou o risco de tsunami na costa do país.

Veja também

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h

Confira a previsão do tempo para esta segunda (26) em Pernambuco
TEMPO

Confira a previsão do tempo para esta segunda (26) em Pernambuco