Tijuca faz desfile redentor e sai ovacionada da Sapucaí

Em 2017, o módulo superior do segundo carro alegórico da escola despencou ferindo 12 componentes

Desfile da Unidos da TijucaDesfile da Unidos da Tijuca - Foto: Gabriel Monteiro | Riotur

A Unidos da Tijuca fez um desfile redentor na noite desta segunda (12), um ano depois de um grave acidente na Marquês de Sapucaí. A escola da zona norte do Rio, que abriu o segundo dia de desfiles do Grupo Especial, homenageou Miguel Falabella.

Em 2017, o módulo superior do segundo carro alegórico da escola despencou ferindo 12 componentes. O laudo pericial isentou a escola de culpa e responsabilizou a Berg Indústria Mecânica, que forneceu os equipamentos hidráulicos do carro alegórico.

Leia também:
Beija-Flor choca e Salgueiro emociona em 2ª noite de desfiles no Rio


Neste ano, a escola passou pela avenida sem maiores problemas. Em seguida passou a Portela, campeã do ano passado ao lado da Mocidade, que foi ovacionada pelo público. A escola de Madureira fez um samba sobre xenofobia e crise migratória.

Veja também

Aos 80 anos, sogra de Lula morre por complicações da Covid-19
Coronavírus

Aos 80 anos, sogra de Lula morre por complicações da Covid-19

Brasil tem 95 suspeitas de reinfecção por coronavírus; descarte de testes dificulta análises
coronavírus

Brasil tem 95 suspeitas de reinfecção por coronavírus; descarte de testes dificulta análises