Tio mata sobrinha de oito meses degolada no município de Altinho

Segundo os familiares, o homem chegou em casa por volta das 2h da madrugada muito agressivo e quebrando os móveis do local

A bebê de oito meses degolada pelo tioA bebê de oito meses degolada pelo tio - Foto: Cortesia WhatsApp

No município de Altinho, Agreste do Estado de Pernambuco, um crime violento mobilizou os moradores. Uma bebê de oito meses foi morta pelo tio na manhã desta quinta-feira (26), por volta das 7h40. A criança foi degolada e tinha cortes pelo corpo.

Segundo os familiares, o tio chegou em casa por volta das 2h com o estado muito agressivo e quebrando os móveis do local. Os pais da vítima, então, saíram de casa com medo das atitudes e deixaram a menina dentro de casa. Foi quando o homem se aproveitou da situação e ficou trancado com a criança no banheiro da residência.

Logo após, o 4° Batalhão da Polícia Militar (BPM) foi acionado para a solução do caso. A equipe de Caça Homicida também foi entrou em ação e fez a primeira intervenção.

Leia também:
Homem fica soterrado na Zona Norte do Recife
Preso homem suspeito de ter cometido vários roubos no Recife


Com a ajuda do 1°BIEsp, Corpo de Bombeiros do local e a equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope), as equipes negociaram com o suspeito para abrir a porta e entrar na residência. Foi este o momento em que a polícia conseguiu entrar e percebeu que a criança estava morta.

Segundo o delegado Eduardo Sunaga, responsável pelo caso, o indivíduo aplicou seis cortes na vítima entre as regiões do tórax, pescoço e abdômen, utilizando um pedaço de cerâmica.

De acordo com o tenente-coronel Luíz Claudio Brito, ainda não é possível identificar a a motivação do crime. "Os detalhes ainda não são possíveis de serem respondidos."

O suspeito está na Delegacia de Plantão de Caruaru, sendo autuado pelo crime de homicídio qualificado pelo meio cruel. A audiência de Custódia está marcada para esta sexta-feira (27) no Fórum de Caruaru.

Veja também

Ministério divulga nota lamentando mortes na comunidade do Jacarezinho
Mortes

Ministério divulga nota lamentando mortes na comunidade do Jacarezinho

Fachin diz que fatos 'parecem graves' e que há indícios de 'execução arbitrária' em operação policia
Jacarezinho

Fachin diz que fatos 'parecem graves' e que há indícios de 'execução arbitrária' em operação policia