Tiros e explosões em ação contra bancos no Cabo de Santo Agostinho

Criminosos teriam ainda feito reféns e atravessado um ônibus em via para impedir passagem da polícia. Um mototaxista que passava pelo local foi baleado na perna

Banco do Brasil também teria sido alvoBanco do Brasil também teria sido alvo - Foto: Cortesia/WhatsApp

O clima se insegurança tomou conta do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR), na madrugada desta quinta-feira (2). De acordo com informações iniciais repassadas pela Polícia Militar, criminosos chegaram a invadir uma residência e fazer 10 pessoas reféns durante uma investida contra a agência do banco Itaú da cidade. Um mototaxista que passava pelo local se recusou a parar foi baleado na perna.

Leia mais
Três assaltantes presos e dois mortos em confronto com a polícia


Para dificultar a ação da polícia, os assaltantes chegaram a deixar um ônibus atravessado na antiga BR-101, paralela a avenida Getúlio Vargas, onde ficam as agências. As agências do Itaú, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal amanheceram com as vidraças quebradas. Em frente ao banco Itaú, foram encontrados blocos que podem ser explosivos.

Peritos do Instituto de Criminalística informaram que nada foi levado da Caixa Econômica Federal. Do Banco do Brasil e do Itaú, foram levados, apenas, moedas. A quantia não foi informada. Um dos reféns informou que a ação foi cinematográfica. "A forma como eles agiram mostra que eles eram preparados. Eles falaram que não iam atingir ninguém, que a intenção era atingir o governo", comentou a vítima, que preferiu não se identificar.

Os criminosos pediram para que as vítimas fizessem um "escudo humano" e gritassem, no meio da pista, que eram reféns. O objetivo era que a polícia não atirasse nos criminosos. Após a ação, as vítimas foram levadas, no capô dos carros e obrigadas a descer em um trecho da BR-101 e correr para dentro do canavial.

Imagens repassadas para o WhatsApp do Portal FolhaPE (98187-9290) mostram o cenário de destruição no local. Durante a ação criminosa, uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF) também foi danificada. 


Mata Norte

Uma agência do Banco do Brasil em Lagoa do Carro, na Mata Norte de Pernambuco, distante 65 quilômetros do Recife, também foi alvo de uma quadrilha na madrugada desta quinta-feira (2). Nesta ação, os criminosos efetuaram vários disparos na cidade e explodiram um caixa eletrônico.

Veja também

Brasil registra 2.616 óbitos por Covid-19 em 24h e total de mortes já ultrapassa 350 mil
Coronavírus

Brasil registra 2.616 óbitos por Covid-19 em 24h e total de mortes já ultrapassa 350 mil

'Se casal deu qualquer informação falsa pra mim, não fico na causa', diz advogado de Dr. Jairinho
Henry Borel

'Se casal deu qualquer informação falsa pra mim, não fico na causa', diz advogado de Dr. Jairinho