TECNOLOGIA

Topografia mapeada a laser em Pernambuco

Ao se ter uma “maquete eletrônica” de Pernambuco, a gestão estadual poderá traçar ações preventivas e de alerta de inundações para a bacia do rio Una, por exemplo

Eriberto Medeiros (PP) recebeu jurista na presidência da Assembleia, na manhã desta terçaEriberto Medeiros (PP) recebeu jurista na presidência da Assembleia, na manhã desta terça - Foto: Leo Malafaia / Folha de Pernambuco

 

Uma ferramenta que auxiliará no planejamento de ações para Pernambuco e que ajudar á a dar celeridade a qualquer intervenção em obras como barragens, estradas, canais e sistemas de irrigação, no território. A gestão estadual lançou, ontem, o programa de mapeamento digital Pernambuco Tridimensional (PE3D).

A iniciativa, pioneira no País, é um sistema de monitoramento a laser que traz uma radiografia topográfica de todo o Estado, mapeando o relevo, vegetação, cursos d’água e como está a ocupação atual do solo. Tal ferramenta irá auxiliar de forma mais rápida os estudos para elaboração de qualquer projeto que necessite de informações altimétricas, já que agora não será mais preciso ir a campo para fazer esse levantamento.

Além disso, ao se ter uma “maquete eletrônica” de Pernambuco, a gestão estadual poderá traçar ações preventivas e de alerta de inundações para a bacia do rio Una, por exemplo.

Com o aporte de R$ 21,5 milhões do Banco Mundial, o projeto foi iniciado em 2014 e já realizou 96% da ortofotografia e o perfilamento a laser em todo o Estado.

 

Veja também

Estudo da UnB investiga cepas do coronavírus Sars-CoV-2 encontradas no DF
Coronavírus

Estudo da UnB investiga cepas do coronavírus Sars-CoV-2 encontradas no DF

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia
Meio Ambiente

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia