Torcedores lotaram Bairro do Recife para Brasil x México

Organizadores esperam receber 15 mil pessoas, a capacidade máxima da Arena Brahma; Prefeitura instalou banheiros químicos e telão e reforçou policiamento

Movimentação de torcedores no Bairro do Recife para Brasil x MéxicoMovimentação de torcedores no Bairro do Recife para Brasil x México - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Os torcedores chegaram cedo para assistir a Brasil x México pelas oitavas de final da Copa do Mundo 2018 no telão instalado no Bairro do Recife, na área central da capital. As primeiras pessoas da fila chegaram antes das 7h no Cais da Alfândega, onde está montada a Arena Brahma.

Antes de entrar, as pessoas foram vistoriadas, pois não é permitido o acesso ao local com recipientes de vidro, facas ou qualquer produto que possa por em risco a segurança da festa. As ruas no entorno da Arena foram interditadas e efetivos da Polícia Militar de Pernambuco e da Tropa de Choque realizam rondas. Além disso, um total de 112 profissionais contratados realizam a segurança na área interna.

A segurança fora do evento foi realizada por um efetivo de 409 policiais militares, número 86% maior do que no jogo contra a Sérvia e um total de 45 agentes e orientadores de trânsito da Autarquia de Trânsito Transporte Urbano do Recife (CTTU) coordenaram os desvios e bloqueios realizados na região.

Leia também:
Bairro do Recife ganha mais um telão para os jogos do Brasil
Brasil x México no Bairro do Recife terá mais banheiros e 86% mais polícia
Transmissão de Brasil x México na Arena terá linha especial de mobilidade


A Prefeitura do Recife instalou 50 banheiros químicos fora da Arena Brahma além dos que já estavam no local e um telão no boulevard da avenida Rio Branco. A ponte Maurício de Nassau foi interditada para o tráfego de veículos e os motoristas que seguiam da ponte Buarque de Macedo precisaram a dobrar à esquerda na avenida Cais do Apolo, sentido prefeitura.

Muitas pessoas optaram pelas vias especiais de ônibus que foram colocadas ou aplicativos de viagens pagas. "Eu vim de ônibus com minha família e tentamos na Arena Brahma, mas já estava lotado. Então a gente veio aqui para esse telão, não é a mesma cosia, mas a vibração do povo é o que importa.", falou o torcedor Gilson Marques.

A família Santana Barbosa compareceu em peso. Mãe, pai, filho, filha e nora chegaram às 8h e foram uns dos primeiros a entrar no evento. "Todo mundo estava falando que aqui no Bairro do Recife estava massa de assistir ao jogo do Brasil. Muito organizado, seguro e sem qualquer preocupação. Então resolvemos vir todos e pelo que a gente está vendo, vamos ficar vindo para cá até a final da Copa", disse a aposentada Solange Santana.

Veja também

Estudo encontra vínculo biológico entre carne vermelha e câncer colorretal
Saúde

Estudo encontra vínculo biológico entre carne vermelha e câncer colorretal

Anvisa autoriza estudo no Brasil de dose de reforço da vacina da Pfizer/BioNTech
Vacina

Anvisa autoriza estudo no Brasil de dose de reforço da vacina da Pfizer/BioNTech