Tradição e fé na Buscada de São Gonçalo

Chegada do santo padroeiro foi o ponto alto da festa, que reuniu 180 embarcações

Buscada de São Gonçalo do AmaranteBuscada de São Gonçalo do Amarante - Foto: AlfeuTavares/Folha de Pernambuco

Um misto de tradição e fé marcou a 156ª edição da Buscada de São Gonçalo do Amarante, neste domingo (15), em Itapissuma, no Litoral Norte do Estado. Por lá, foram homenagear o santo padroeiro do município uma multidão, com cerca de dez mil pessoas, que aguardava ansiosa a chegada da imagem de São Gonçalo, vinda do Forte Orange, em Itamaracá. A procissão marítima contou com o acompanhamento de 180 embarcações.

Gente como a aposentada Maria de Lurdes, que no alto de seus 76 anos, há mais de 20 acompanha com a mesma fé e entusiasmo o seu santo favorito. “Só ousarei a deixar de vir no dia em que eu não puder mais andar. Até lá, todos os anos venho homenagear esse santo que amo tanto”.  Pensamento igual tem a Marlene Reis que, aos 63 anos e desde que se entende por gente, participa da festa. “Aqui é o significado de muita fé e sempre me emociono”, revela.

Além da buscada em si, o evento contou com uma imensa procissão que tomou conta das ruas do município, com encerramento emblemático de uma missa realizada na Paróquia de Itapissuma, pelo pároco Ivan Maciel.

A festa em homenagem ao santo português será encerrada no próximo domingo (22) com a tradicional Solene Missa, que neste ano será realizada pelo bispo-auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife, Dom Antônio Tourinho Neto. 

Veja também

Hyundai e Petz fazem parceria para incentivar adoção responsável de animais
Folha Pet

Hyundai e Petz fazem parceria para incentivar adoção responsável de animais

MPF alertava sobre risco de incêndio na Cinemateca desde julho de 2020
SÃO PAULO

MPF alertava sobre risco de incêndio na Cinemateca desde julho de 2020