Traficante Junior Box ordenava do presídio ações de quadrilha

Do lado de fora, comando do grupo desarticulado na operação Tégurio era de mulher

Policia Civil de Pernambuco apresenta Operação Tegurio Policia Civil de Pernambuco apresenta Operação Tegurio  - Foto: Thiago Cabral/da Redação

Preso desde 2011, o traficante Júnior Box ordenava de dentro de Presídio de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife (RMR) as ações da quadrilha desarticulada pela polícia na última terça-feira (1) durante a operação Tegúrio. O homem, que chegou a ser considerado o mais procurado em Pernambuco, comanda há mais de dez anos o grupo Demônios da Ilha (D.I.), que tem atuação em Santo Amaro, Chié e Ilha de Joaneiro, no Recife.

Leia também:
Mulher comandava quadrilha suspeita de homicídios, tráfico e tortura 
Presa jovem acusada de filmar tortura de adolescente em Santo Amaro


Mesmo dentro do sistema prisional, ele articulava-se e permanecia dando ordens que serviam para todos os integrantes do grupo, apontado como responsável por mais de 26 assassinatos. Do lado de fora, o comando atualmente era de uma mulher. O balanço da operação foi apresentada pela Polícia Civil de Pernambuco na manhã desta quarta-feira (1).

Júnior Box chegava a receber vídeos pra averiguar se suas ordens estavam sendo cumpridas. Aline Estefano Panta Leão enviava para ele imagens das drogas sendo comercializadas e de outras ações criminosas do grupo.

Ao todo foram expedidos 33 mandados de prisão, sendo cumpridos 29. Destes, 19 suspeitos já estavam presos e outros quatro seguem foragidos. A polícia atribui ao grupo as práticas de tortura, homicídios, tráfico de drogas, tráfico de armas e munição. 

Durante os 6 meses de operação a hierarquia da quadrilha ia mudando na medida que os braços criminosos eram presos.  As lideranças se refugiavam em Olinda, nos bairros de Ouro Preto e Jardim Brasil.

No total , a operação conseguiu apreender 5 pistolas, 7 revólveres, 3 espingardas, 9 fações e 377 munições. Além disso foi recolhido R$61.846, 1 kg de cocaína, 875 g de crack e 42 kg de maconha.

Veja também

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas
Polêmica

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas

Joe Biden e Kamala Harris homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19 no país
Estados Unidos

Biden e Kamala homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19