Trecho da avenida Recife permanece bloqueado para realização de perícia

Moradores da área viveram uma madrugada de terror após assalto a empresa de transporte de valores Brinks

Trecho da avenida Recife segue bloqueadoTrecho da avenida Recife segue bloqueado - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Um trecho da avenida Recife, na Zona Oeste da Capital pernambucana, permanece bloqueado, após madrugada de terror. Moradores da área viveram momentos de pânico durante assalto à empresa de valores Brinks. A interdição de parte da avenida foi necessária para realização de perícia do Instituto de Criminalística (IC), que acontece na manhã desta terça-feira (21).

Segundo a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), a avenida Recife, no sentido Boa Viagem, está liberada a partir do Hiper Bompreço, mas segue interditada entre o trecho de Jardim São Paulo até o Makro. O desvio, ainda segundo a CTTU, é feito por San Martin.

>> Leia mais:
Madrugada de terror na Zona Oeste do Recife
Moradores do Recife relatam explosões, tiros e homens encapuzados com armas em punho


No sentido BR-101, o trânsito já foi liberado. Já na avenida Doutor José Rufino, o trânsito flui, nos dois sentidos, ainda segundo a CTTU. No sentido Afogados, há um veículo queimado que deve ser removido após perícia, mas que não atrapalha o trânsito. Dois agentes da CTTU realizam o monitoramento na avenida Doutor José Rufino e quatro na avenida Recife.

Ao todo, 12 peritos do IC colhem, na manhã desta terça, impressões digitais e provas materiais nos locais dos crimes, além de realizar perícia em residências que foram atingidas pelos disparos. O material será analisado e ajudará nas investigações para identificar os criminosos.

Veja também

Total de mortos por Covid-19 no mundo passa de 3 milhões
Coronavírus

Total de mortos por Covid-19 no mundo passa de 3 milhões; pandemia está em 'ponto crítico', diz OMS

Jairinho é citado por ligação com milícias ao Disque Denúncia há mais de 10 anos
Caso Henry Borel

Jairinho é citado por ligação com milícias há mais de 10 anos