Rodovias

Trechos da BR-232, na Zona da Mata, e da BR-101, na RMR, passam a ter gestão municipal

De acordo com a PRF, os trechos compreendem a áreas urbanas

Trecho que compreende os kms 42,9 a 53,8 da BR-232Trecho que compreende os kms 42,9 a 53,8 da BR-232 - Foto: Reprodução/Google Street View

gestão de trecho da BR-232 e da BR-101 que passam pelo Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR), e por Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata de Pernambuco, que até então era de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi transferida para as prefeituras dos municípios correspondentes nesta terça-feira (15). 

Na BR-232, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) repassou para a Prefeitura de Vitória de Santo Antão a gestão do trecho que compreende os kms 42,9 a 53,8, que vai da entrada do município até o acesso para Glória do Goitá, na Zona da Mata.

Já na BR-101, o segmento transferido para a gestão municipal do Cabo de Santo Agostinho vai do km 4,8, no limite com Jaboatão dos Guararapes, na RMR, até o km 18,8, no viaduto da Charneca, no Cabo.

De acordo com a PRF, os trechos compreendem a áreas urbanas que faziam parte do traçado antigo das rodovias, quando elas ainda não eram duplicadas, e que, agora, foram incorporados à malha rodoviária municipal.

Caberá às novas gestões a manuteção da infraestrutura viária, incluindo melhorias e fiscalização de trânsito e atendimento a acidentes.

A formalização das entregas foram realizadas nas sedes das prefeituras dos dois municípios e publicada no Diário Oficial da União desta terça.

Veja também

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação
Télam

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação

Moda da Hermès desafía todos os elementos
Moda

Moda da Hermès desafía todos os elementos