A-A+

Treze dias após o óbito, idosa é confirmada como 1ª vítima da Covid-19 no Pará

A Secretaria de Saúde Pública do Pará informou que o exame foi realizado em laboratório privado e que só foi notificada da suspeita em 25 de março

CoronavírusCoronavírus - Foto: Tomas Anderson/Agência Senado

Uma moradora de 87 anos da vila turística de Alter do Chão é a primeira vítima do novo coronavírus no Pará. A confirmação ocorreu 13 dias após o óbito, em 19 de março.

Via Twitter, a Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa) informou que o exame foi realizado em laboratório privado e que só foi notificada da suspeita em 25 de março, quando abriu o inquérito epidemiológico. A validação oficial do óbito por Covid-19 demorou mais uma semana.

Leia também:
Campinas confirma primeira morte por coronavírus na cidade
Número de óbitos por Covid-19 no Brasil sobe para 240


A idosa estava acamada em domicílio havia dez anos, segundo a Sespa. O contágio teria ocorrido após contato com pessoas de fora do Pará. O estado tem 40 casos confirmados.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Prévias do PSDB: na semana seguinte da suspeita de hacker, aplicativo recebe mais de 26 mil acessos
Política

Prévias do PSDB: na semana seguinte da suspeita de hacker, aplicativo recebe mais de 26 mil acessos

Talibãs do Afeganistão querem 'boas relações' com o resto do mundo
Talibã

Talibãs do Afeganistão querem 'boas relações' com o resto do mundo