Recife

Trio é preso por roubo de esmeraldas em Boa Viagem; pedras são avaliadas em R$ 3,5 milhões

Conjunto de pedras preciosas, com 120 kg, havia sido roubado no dia 22 de abril deste ano

Quadrilha é especializada na subtração e revenda de pedras preciosasQuadrilha é especializada na subtração e revenda de pedras preciosas - Foto: PCPE/Divulgação

Três homens foram presos suspeitos de envolvimento no roubo de uma "canga" de esmeraldas - pedra bruta, sem lapidação -, avaliada em aproximadamente R$ 3,5 milhões.

O conjunto de pedras preciosas, com 120 kg, havia sido roubado no dia 22 de abril deste ano, em um apartamento no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), o material, de origem regular, pertence a um investidor e foi levado por três criminosos que se passaram por compradores.

Durante as investigações, a corporação identificou que o material seria vendido na terça-feira (28) e conseguiu localizar a canga de esmeraldas com outros três suspeitos em uma caminhonete, em frente a um hotel de luxo, em Boa Viagem.

O trio, que não era o mesmo que roubou o material, não tinha nota fiscal e nem quis informar quem havia repassado o conjunto de esmeraldas.

As investigações apontaram que os três suspeitos que estavam com a "canga" integram uma quadrilha especializada na subtração e revenda de pedras preciosas.

"Parte de grupo é responsável pelos roubos e a outra parte pela venda", afirmou a PCPE.

Diante do flagrante, o trio foi preso pelos crimes de receptação qualificada e associação criminosa, e encaminhado para audiência de custódia, onde tiveram a liberdade provisória decretada, com uso de tornozeleira eletrônica e cumprimento de medidas cautelares.

Veja também

Trump está a salvo após incidente em comício, informa Serviço Secreto dos EUA
RESGATE

Trump está a salvo após incidente em comício, informa Serviço Secreto dos EUA

Trump cai do palco durante comício na Pensilvânia com sangue no rosto e após disparos serem ouvidos
EUA

Trump cai do palco durante comício na Pensilvânia com sangue no rosto e após disparos serem ouvidos

Newsletter