Ubers criam associação em Pernambuco

A informação é do presidente da recém criada Associação dos Motoristas Autônomos e Usuários de Pernambuco (Amaupe), Dárcio Júnior, 35 anos.

Silvério PessoaSilvério Pessoa - Foto: Ivanildo Machado/Divulgação

  Um grupo de ubers que se mobilizou para a regulamentação do transporte em Pernambuco fundou, nesta segunda-feira (10), uma entidade de classe com o objetivo de atuar de maneira mais organizada pelos direitos desses trabalhadores. A informação é do presidente da recém criada Associação dos Motoristas Autônomos e Usuários de Pernambuco (Amaupe), Dárcio Júnior, 35 anos.

“Somos um grupo que se mobilizou e diante do interesse em lutar pela causa, resolvemos defender a classe com mais força e de maneira mais organizada”, explicou o líder da categoria no Estado.

Apoiados pelo Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), a primeira ação da Amaupe será organizar um mutirão jurídico na sede do Sindicato, em Santo Amaro, área central do Recife. Evento ocorre a partir das 18h desta segunda-feira.

“O mutirão é para pedido de liminares individuais para motoristas que atuam na Região Metropolitana do Recife (RMR)”, explicou Gislayne Jayce, 30.

Na última sexta-feira (7), uma liminar concedida pelo juiz da 7ª Vara da Fazenda Pública da Capital, Haroldo Carneiro Leão, permitiu aos motoristas ligados à Uber de circularem no município. Pedido foi realizado pela própria empresa, mas só vale para a Capital pernambucana.

A Amaupe se une a movimentos a favor do transporte alternativo, a exemplo da Associação dos Motoristas Autônomos de Transporte Individual Privado de Passageiros (Amatipe).

 

Veja também

UFPE retoma atividades com aulas remotas a partir de agosto
Coronavírus

UFPE retoma atividades com aulas remotas a partir de agosto

Após reunião com Mourão, fundo nórdico diz que falta plano sobre desmatamento
Meio Ambiente

Após reunião com Mourão, fundo nórdico diz que falta plano sobre desmatamento