Guerra na Ucrânia

Ucrânia denuncia 'erro' da Alemanha após retirada da bandeira ucraniana em Berlim

Temendo brigas a polícia anunciou que proibiria a exibição de bandeiras ou símbolos militares durante as comemorações do fim da Segunda Guerra Mundial

Bandeira da UcrâniaBandeira da Ucrânia - Foto: Thomas Coex/AFP

A Ucrânia denunciou neste domingo(8) um "erro" da Alemanha depois que a polícia de Berlim ordenou a retirada de uma bandeira ucraniana em um protesto contra a invasão russa

"Berlim cometeu um erro ao banir os símbolos ucranianos", lamentou o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, no Twitter. 

"É um ataque a todos aqueles que atualmente defendem a Europa e a Alemanha da agressão russa", acrescentou. 

"Para que uma comemoração pacífica e digna, nossos colegas garantiram que uma bandeira ucraniana de cerca de 25 metros de comprimento fosse enrolada", tuitou a polícia de Berlim. 

Temendo brigas, principalmente de ativistas pró-Rússia, a polícia anunciou na sexta-feira que proibiria a exibição de bandeiras ou símbolos militares em quinze lugares da capital alemã durante as comemorações do fim da Segunda Guerra Mundial, que continuarão na segunda-feira.

A decisão provocou protestos, especialmente na comunidade ucraniana, com o embaixador da Ucrânia na Alemanha, Andrij Melnyk, chamando-a de "escandalosa" e "um tapa na cara da Ucrânia".

Veja também

Pequinês de língua caída e sem dentes é eleito o cão mais feio do mundo
EUA

Pequinês de língua caída e sem dentes é eleito o cão mais feio do mundo

Grécia: 13 são presos acusados de causar incêndio ao lançar fogos de artifício de iate
INCÊNDIO FLORESTAL

Grécia: 13 são presos acusados de causar incêndio ao lançar fogos de artifício de iate

Newsletter