MUNDO

Ucrânia reivindica ataque fatal em campo de treinamento russo

Quase 60 militares russos "morreram ou ficaram gravemente feridos", disse

Foto:

O Exército ucraniano afirmou nesta quinta-feira (22) que matou ou feriu quase 60 soldados russos ao atacar um campo de treinamento na parte ocupada da região de Kherson (sul), o segundo ataque deste tipo anunciado nos últimos dias.

As forças ucranianas executaram na quarta-feira "três ataques" na área próxima à localidade de Podo Kalinivka, na margem esquerda do rio Dnieper, ocupada nesta região pelo Exército russo, disse à AFP Natalia Gumeniuk, porta-voz militar ucraniana para o sul do país.

Quase 60 militares russos "morreram ou ficaram gravemente feridos", disse.

 

O Exército ucraniano também publicou um vídeo, filmado por um drone, que mostra três explosões em um território arenoso, próximo de áreas florestais.

O ataque foi corroborado por blogueiros militares russos.

O canal Telegram Ribar, próximo ao Exército russo, também relatou três ataques, o último deles direcionado contra uma equipe que investigava os dois ataques anteriores.

Veja também

Lembra quando Bolsonaro era o fascista?', questiona filho de John Lennon, Sean Ono
Política

Lembra quando Bolsonaro era o fascista?', questiona filho de John Lennon, Sean Ono

Estudo indica que bonobos são mais agressivos do que se pensava
Bonobos

Estudo indica que bonobos são mais agressivos do que se pensava

Newsletter