UFPE e Faculdade de Direito do Recife recebem aporte de R$ 20 milhões

Ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou a liberação de recursos em solenidade na Fundaj

Faculdade de Direito do Recife (6)Faculdade de Direito do Recife (6) - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

O Centro de Convenções (Cecon) da UFPE – junto com a Concha Acústica – e a Faculdade de Direito do Recife (FDR)/Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) passarão por reforma e recuperação que, somadas, têm valor de R$ 20 milhões, com recursos do Ministério da Educação (MEC).

Leia também
Censo de Educação Superior 2017 inicia coleta de dados nesta quinta-feira
Carol da Fonte: empreendedorismo em família e amor pela educação  


Para o ministro Mendonça Filho, que assinou a ordem de serviço nesta manhã, na Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), localizada no bairro de Casa Forte, zona Norte do Recife, “O Centro de Convenções da UFPE é um dos melhores espaços físicos, do ponto de vista de infraestrutura ligada ao cinema, ao teatro e ao espaço de debate da própria Universidade. Já a Faculdade de Direito do Recife, é uma instituição que tem reconhecimento internacional e o prédio está bastante deteriorado, e com essa reforma vamos proporcionar um ambiente digno, decente e seguro para os alunos”, declarou.

As ações no Cecon e no Conjunto Arquitetônico da Concha Acústica da UFPE (1ª etapa) incluem reforma e ampliação da concha, além da construção do parqueamento, conjunto de acessos de veículos, pedestres, inclusive estacionamento. O valor total contratado para a obra é de R$ 13.989.569,28, dos quais R$ 10 milhões já foram repassados pelo MEC via Termo de Execução Descentralizada (TED).

“O Cecon é um complexo importante e nós agimos, por orientação do MEC, por fases. Iniciamos a primeira fase, que já está pronta, que é o hall, o cinema que vai entrar em breve funcionamento. Nossas colações de grau em abril já vão acontecer no hall do centro de convenções. A segunda etapa é a Concha Acústica que representa a cultura da vida estudantil, todos os estudantes têm suas atividades culturais na concha, ao mesmo tempo um estacionamento para possibilitar melhores condições de trabalho e uma vida universitária boa“, afirmou o reitor da UFPE, Anísio Brasileiro. Na ocasião, o reitor aproveitou para solicitar ao MEC investimentos no teatro do Cecon. "Vamos solicitar ao ministro, recursos para a construção da parte do teatro, onde teremos mais de duas mil disponibilidades de assentos", concluiu.

Para a Faculdade de Direito, será feita a restauração do prédio, que chega à 5ª etapa – 1ª parte, e têm valor estimado de R$ 6.076.505,84. Haverá obras relativas a coberturas, cúpulas, forros e fachada. O atual projeto atualiza e complementa os projetos executivos produzidos nos anos de 2004 e 2010.

Veja também

Professora da Unicap é acusada de racismo
Racismo

Professora da Unicap é acusada de racismo

Homem é condenado a pagar 15 salários mínimos por maltratar cães em MG
animais

Homem é condenado a pagar 15 salários mínimos por maltratar cães em MG