Uso de máscara será obrigatório em Pernambuco para trabalhadores em atendimento ao público

A decisão entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (27)

Mulher usa máscara e viseira de plástico para se proteger contra o coronavírusMulher usa máscara e viseira de plástico para se proteger contra o coronavírus - Foto: AL BELLO / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / GETTY

Uso de máscaras será obrigatório para funcionários que trabalham com atendimento ao público em Pernambuco. A decisão, publicada nesta quinta-feira (23) em um decreto estadual, abrange trabalhadores de estabelecimentos comerciais com funcionamento permitido e entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (27). Segundo o Governo do Estado, esse período é suficiente para que os estabelecimentos se adequem às orientações estaduais. O decreto também recomenda a utilização de máscaras para toda a população.

A determinação registra que as máscaras a serem utilizadas poderão ser industrializadas ou artesanais. "Estamos seguindo, em Pernambuco, a orientação já firmada pela Organização Mundial de Saúde em relação ao uso de máscaras de proteção, que são importantes para evitar que seu usuário contraia o vírus, mas também igualmente importantes para reduzir o alastramento da doença", observou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

Leia também:
Pernambuco confirma 30 novos óbitos pela Covid-19 e passa de 300 vítimas fatais
Mapa mostra localização dos casos de coronavírus em Pernambuco
Brasil registra 3.313 mortes e 49.492 casos de Covid-19
USP desenvolve método de descontaminação de máscaras hospitalares
'Se mal utilizada, máscara vira instrumento de contaminação', diz gestor de Saúde do Recife

O uso de máscara, contudo, não substitui a principal estratégia contra o alastramento da doença: o isolamento social. "Sair de casa, só em casos de extrema necessidade e, nesses momentos, é importante redobrar os cuidados usando máscaras", orientou o governador.

Com relação à confecção de máscaras e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) no polo têxtil do Agreste, o governador salientou que foi aberta recentemente uma linha de crédito no valor de R$ 6 milhões para pequenas e micro empresas da região. “Já compramos um primeiro lote de 200 mil máscaras e agora vamos fazer uma nova encomenda, de mais um milhão de unidades. As primeiras unidades já chegaram e, a partir desta sexta-feira (24), iniciaremos a distribuição entre os servidores públicos de setores que permanecem com atendimento ao público”, afirmou Câmara.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Brasil barra voos de África do Sul e Reino Unido para impedir entrada de mutação do coronavírus
Mutação do coronavírus

Brasil barra voos de África do Sul e Reino Unido para impedir entrada de mutação do coronavírus

Produção da segunda vacina contra Covid-19 da Rússia começa em fevereiro
Vacina

Produção da segunda vacina contra Covid-19 da Rússia começa em fevereiro